Download Free FREE High-quality Joomla! Designs • Premium Joomla 3 Templates BIGtheme.net

Adasa deve decidir hoje se aprova racionamento de dois dias

Uma semana antes do fim do mês, o reservatório do Descoberto superou a meta mínima prevista pela Adasa e chegou a 8,7%

Responsável pelo abastecimento de mais de 1,6 milhão de brasilienses, o Reservatório do Descoberto bateu a meta mínima prevista na Curva de Acompanhamento da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa) para o mês de outubro. Em medição na tarde desta terça-feira (24/10), o reservatório chegou a 8,7%, índice menor que os 9% esperados para o fim de outubro. A agência deve decidir, ainda nesta terça, se aprova ou não o plano de racionamento de 48 horas apresentado pela Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb).

A curva de acompanhamento foi criada em junho deste ano pela Adasa para monitorar o volume útil dos reservatórios do Descoberto e de Santa Maria a partir de parâmetros predefinidos, como vazão dos afluentes e captação de água pela Caesb. Foram estipuladas metas mensais que, se superadas, seriam os gatilhos para instauração de novas medidas emergenciais de enfrentamento a crise hídrica, como ampliação do racionamento e enrijecimento do período de captação de água bruta na área rural.
Esta foi a primeira vez que o Descoberto ficou abaixo da meta mensal. Em coletiva de imprensa na sexta-feira (20/10), Maurício Luduvice, presidente da Caesb, comentou as fortes quedas no nível dos reservatórios. “No último trimestre, conseguimos fechar os meses com os reservatórios até 3% acima da meta. Mas, em outubro, tivemos um veranico, que aumentou as temperaturas, fazendo com que a evaporação nos reservatórios subisse e a população consumisse mais água para aliviar o calor”, explicou.
Além da baixa do Descoberto, o reservatório de Santa Maria também opera próximo da meta mensal. O nível atual da bacia é de 24%, próximo aos 23% previstos para outubro.
Mesmo o nível sendo crítico, a Caesb informou que vai começar a fazer bombeamento até a cota 1.020 do Descoberto, uma “reserva técnica” localizada antes do volume morto. “Com isso, teremos um folga de cerca de 4% a mais até o retorno do período de chuvas”, contou Luduvice. A expectativa da companhia é de que o nível mínimo que o Descoberto pode chegar com segurança seria por volta dos 5%.

PUBLICIDADE

COMENTE

A responsabilidade do comentário é do autor da mensagem e não representa a opinião do Portal Agita Brasília.