Pesquisar
Close this search box.

Bezerrão recebe nova pintura – Jornal de Brasília

Ainda na primeira fase, foram realizadas pinturas nos bancos, que têm a capacidade de


Ainda na primeira fase, foram realizadas pinturas nos bancos, que têm a capacidade de acomodar 20 mil pessoas, além da limpeza das arquibancadas, que também receberam reparos estruturais como correção de rachaduras e infiltrações

A área externa do Estádio Valmir Campelo Bezerra, conhecido como Bezerrão, irá receber uma nova pintura. O trabalho faz parte do cronograma de obras executadas pela Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) no estádio, na Região Administrativa do Gama. O GDF já investiu cerca de R$ 3,6 milhões na reforma do equipamento público.

Iniciada em fevereiro, a reforma representa a maior intervenção no estádio desde 2008. O planejamento foi dividido em três fases. Na etapa inicial, a ênfase foi na recuperação estrutural. Foram realizadas melhorias nas cadeiras das arquibancadas, proporcionando maior conforto aos espectadores. A pintura das arquibancadas não apenas renovou a aparência, mas também contribuiu para a preservação das estruturas. Além disso, foram conduzidos trabalhos de desobstrução do encanamento de águas pluviais e correção de infiltrações.

Ainda na primeira fase, foram realizadas pinturas nos bancos, que têm a capacidade de acomodar 20 mil pessoas, além da limpeza das arquibancadas, que também receberam reparos estruturais como correção de rachaduras e infiltrações.

Na segunda fase, as intervenções foram direcionadas para a manutenção e modernização das instalações do estádio. Os trabalhos incluíram manutenção de portas e fechaduras, substituição de bacias sanitárias, manutenção dos revestimentos cerâmicos dos banheiros e aprimoramentos nas instalações hidrossanitárias e elétricas. O sistema de incêndio, as caixas de água e o Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA) passaram por revisões e atualizações.

Ainda nesta fase, o estádio recebeu manutenção das paredes, revestimentos e redes elétricas e de combate a incêndios. A parte de Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio (SDAI) foi finalizada com a troca das mangueiras e um sistema de alarme novo e automatizado. A ala leste e interna do estádio receberam pinturas novas.

A terceira fase concentrou-se na renovação estética do estádio através da pintura externa. Esta etapa não apenas aprimorou a aparência, mas também atuou como uma camada protetora contra os elementos externos. A pintura externa do Estádio Bezerrão está na fase final.

O pontapé inicial do processo da reforma foi dado com a troca do gramado realizada pela Novacap com supervisão da SEL. A obra consistiu na troca do sistema de irrigação e na colocação de nova camada de areia abaixo da grama. A espécie plantada é do tipo Bermuda Cynodon SP, que possui um ciclo de vida longo, é adaptável aos climas equatorial subtropical e tropical e têm raízes profundas, o que possibilita obter uma melhor resistência ao pisoteio. Foram plantados 7.600 m², correspondentes à área do campo do estádio. Inaugurado em 1977, o estádio teve o gramado trocado pela última vez há 15 anos.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os alambrados também foram reformados. Os serviços, que foram feitos a partir da análise do estado do alambrado, incluíram a solda dos gradis, a alteração de fixação de tubos e a aplicação de braceletes em trechos danificados. As áreas mais danificadas foram substituídas e as menos foram reformadas.

A parte de revestimentos dos banheiros e vestiários foi concluída, desde a substituição das cerâmicas que estavam caindo ou com problemas de patologia até a instalação de dispensers de sabonete e suporte de papéis higiênicos. Houve a readequação da sinalização de segurança, além da renovação de toda a identidade visual do estádio.

O secretário de Esporte e Lazer, Julio Cesar Ribeiro, destaca que o governo vem trabalhando com muita responsabilidade para entregar o Estádio em condições de receber grandes jogos. “Esse é um desejo nosso e de toda população do Gama, que espera ansiosamente receber um local revitalizado. A torcida do Gama merece esse presente”, diz.

MPDFT

No dia 6 de outubro, o estádio recebeu a visita do procurador José Eduardo Sabo, do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). O representante do órgão esteve no segundo maior estádio da capital para fazer uma análise dos serviços de manutenção em execução. Na ocasião, Sabo elogiou as melhorias promovidas no estádio. “Nos deixou muito satisfeitos. Sempre que retorno e vejo essa arena em condições de ser utilizada, eu fico feliz”, afirmou.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A SEL segue intensificando a reforma para concluir os últimos ajustes. O estádio ainda necessita dos laudos técnicos para receber jogos profissionais. Os relatórios com os atestados de utilização são elaborados pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) e Defesa Civil.

Mais conhecido como Bezerrão, o estádio leva o nome de um político brasileiro que foi administrador do Gama. Inaugurado em 1977, o espaço passou por uma grande reforma há 15 anos para sediar partidas de futebol profissional. Foi palco do amistoso entre Brasil e Portugal na reinauguração em 2008, com a presença do jogador Cristiano Ronaldo, e da Copa do Mundo Fifa Sub-17, em 2019.

As informações são da Agência Brasília


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.