Pesquisar
Close this search box.

Cachorro-vinagre deixa Zoo de Brasília rumo a São Paulo, para reprodução

O cachorro-vinagre é uma espécie ameaçada, razão pela qual sua transferência para o Zoológico


O cachorro-vinagre é uma espécie ameaçada, razão pela qual sua transferência para o Zoológico de São Paulo é estratégica

Um dos moradores do Zoológico de Brasília deixou seu lar e partiu para o Zoológico de São Paulo. O momento marcante foi protagonizado pelo cachorro-vinagre Rondon, que precisa reproduzir, ele é um símbolo da dedicação à preservação da fauna brasileira. Sua espécie é ameaçada, razão pela qual sua transferência é estratégica, visando contribuir para os esforços de conservação e possível reprodução da espécie.

Resgatado em junho de 2022 em Rondonópolis (MT) pela Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura do Mato Grosso (Sema-MT) em colaboração com a Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil (Azab), o animal recebeu todo o carinho e cuidado necessário enquanto esteve sob os cuidados veterinários na Fundação Jardim Zoológico de Brasília (FJZB).

O resgate de Rondon ocorreu como parte de uma operação conjunta entre a Sema-MT e a Azab, que agiram rapidamente para garantir o bem-estar do animal. Após o resgate, Rondon foi encaminhado para o Zoológico de Brasília, onde recebeu tratamento veterinário especializado, além de uma atenção dedicada para se adaptar ao novo ambiente.

Adaptação

“A expectativa é que, no novo lar, Rondon tenha a oportunidade de contribuir para os programas de reprodução desempenhando um papel fundamental na preservação dessa rara e ameaçada espécie de cachorro-vinagre”, comentou o diretor de Mamíferos do Zoológico de Brasília, Leandro Drigo.

A transferência de Rondon é um testemunho do compromisso contínuo em preservar a biodiversidade brasileira, garantindo que espécies ameaçadas, como o cachorro-vinagre, tenham uma chance de prosperar e se multiplicar para as gerações futuras. Rondon foi embarcado em um voo direto que partiu de Brasília às 16h05 (hora local) e pousou em São Paulo/Guarulhos às 17h45 (hora local).

O transporte aéreo foi realizado de forma gratuita pelo avião solidário da Latam, evitando um deslocamento terrestre de mais de mil quilômetros entre as duas instituições. Nos próximos dias, o animal deve passar por um processo de adaptação antes de ser introduzido ao novo lar.

*Com informações da Agência Brasília


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.