Pesquisar
Close this search box.

Campanha contra o assédio às mulheres vai percorrer o DF no Carnaval

‘Mulher, você não está sozinha’ é o tema da ação coordenada pela Secretaria da


‘Mulher, você não está sozinha’ é o tema da ação coordenada pela Secretaria da Mulher que vai levar conscientização a cerca de 20 regiões administrativas durante a folia

O Carnaval é uma festa aguardada por muitos. E se tem algo que não combina com a folia é o desrespeito às mulheres. Na contramão das outras unidades da Federação, o Distrito Federal não registrou casos de assédio sexual nas festas de 2023. Para garantir que o público feminino não tenha os direitos violados em 2024, a Secretaria da Mulher (SMDF) intensificou as campanhas de conscientização para os dias de folia.

Arte: Divulgação/ SMDF

Cerca de 30 funcionários da pasta atuam de forma descentralizada em diversos pontos do Distrito Federal. As atividades de conscientização ocorrem em mais de 20 regiões administrativas, além do Plano Piloto. Sob o slogan Mulher, você não está sozinha, mil cartazes foram espalhados nos principais locais de festejo, além de bares, restaurantes e pontos comerciais.

“Nesses cartazes constam informações dos canais de atendimento e de ajuda caso a mulher se sinta em perigo. Esse ano, nós intensificamos as ações, com campanhas educativas e de conscientização para outras regiões administrativas. A informação disseminada encoraja e protege a mulher e inibe o agressor. Esse é o nosso objetivo”, afirmou a secretária da Mulher, Giselle Ferreira.

As equipes da SMDF vão percorrer Varjão, Sobradinho, Planaltina, Itapoã, Paranoá, Santa Maria, Gama, Recanto das Emas, Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Ceilândia, Sol Nascente, Riacho Fundo II, Samambaia, Brazlândia, Praça do Cruzeiro, asas Sul e Norte, Sudoeste, Octogonal, Vila Planalto e Lago Sul.

Para as mulheres que se sintam em perigo, o Governo do Distrito Federal disponibiliza três canais para denúncia: a Central de Atendimento do GDF, pelo 156, opção 6; a Polícia Militar do DF, pelo 190, em casos de emergência; e a Central de Atendimento à Mulher, pelo 180.

Com informações da agência Brasília


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.