Pesquisar
Close this search box.

Cantor sertanejo é preso após aplicar quase R$ 1 mi em golpes

A Operação Eros, conduzida pela 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia), foi responsável pela prisão


A Operação Eros, conduzida pela 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia), foi responsável pela prisão

Nas primeiras horas desta sexta-feira (15), um cantor sertanejo identificado como Wagner Oliveira, de 42 anos, foi detido preventivamente após deixar um rastro de pelo menos 26 vítimas, que juntas sofreram um prejuízo estimado em quase R$ 1 milhão.

O cantor, conhecido por suas investidas amorosas, direcionava seus esforços principalmente a mulheres financeiramente estáveis, porém emocionalmente fragilizadas. Suas estratégias incluíam também mães solteiras, com idades entre 30 e 45 anos, que buscavam relacionamentos em sites especializados.

O estelionatário amoroso utilizava múltiplos perfis em redes sociais, adotando pseudônimos e alterando seu primeiro nome para evitar suspeitas e impedir que as vítimas se reconhecessem. Após iniciar as conversas nos sites, o cantor seguia os relacionamentos por meio do WhatsApp.

Ao organizar encontros presenciais, o cantor golpista se envolvia com as mulheres, apresentando-se como um homem romântico com o claro objetivo de estabelecer um compromisso e formar uma família. Sob essa ilusão, as mulheres se tornavam presas fáceis, sendo persuadidas a emprestar dinheiro, realizar financiamentos e adquirir bens exclusivamente para seu uso.

 



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.