Download Free FREE High-quality Joomla! Designs • Premium Joomla 3 Templates BIGtheme.net

CCBB exibe mostra Brasília Utopia lírica

Exposição do fotógrafo Vicente de Mello apresenta registros de uma Brasília atemporal feitos com uma câmera Rolleiflex. Monumentos da cidade ganham novas leituras nas 30 imagens expostas de 15 de julho a 7 de setembro, na galeria III do CCBB Brasília

Dia 16 de julho, Vicente de Mello e os curadores da exposição, Beatriz Lemos e Waldir Barreto realizam bate-papo em frente à galeria III

Em 2011 o fotógrafo Vicente de Mello lançou-se na aventura de fotografar a cidade de Brasília com o desafio de traduzir uma visão particular sobre a arquitetura e o urbanismo da capital. O resultado são 30 fotografias em três formatos, 120 x 120 cm, 60 x 60 cm, e 30 x 30 cm, que trazem uma leitura subjetiva e atemporal. O CCBB Brasília abriga a exposição entre os dias 15 de julho e 7 de setembro, na Galeria 3, de quarta a segunda (fecha na terça), das 9h às 21h. Beatriz Lemos e Waldir Barreto assinam a curadoria.

Brasília representou para a fotografia algo semelhante ao que foi para a arquitetura: um marco no modernismo fotográfico do país, que resultou em registros incessantes que logo levaram a certo desgaste imagético. Vicente de Mello procurou atuar em lugares conhecidos e também os poucos comentados, como a torre de TV projetada por Lúcio Costa, os edifícios funcionais, militares e religiosos de Oscar Niemeyer, e a ponte JK de Alexandre Chan procurando encontrar uma fagulha que desencadeasse uma imagem vigorosa.

Para o ensaio, Mello utilizou uma Rolleiflex, a mesma câmera amplamente utilizada pelos fotógrafos durante a construção da cidade e que proporcionou, pelo seu formato quadrado, uma nova percepção para a arquitetura moderna e para a própria fotografia. Foi pelas lentes dos lendários Marcel Gautherot e Peter Scheier que Brasília nasceu narrada epicamente.

De acordo com Vicente de Mello a ideia é quebrar a barreira do facilmente identificável. “Queria que mesmo os brasilienses vissem as imagens e demorassem a captá-las, a entendê-las. Cada fotografia tem um título e este cruzamento entre palavra e imagem, potencializa sua percepção, dando ao olhar a possibilidade de escapar da temporalidade e o espectador entende que a foto é mais do que se vê, é também a sua interpretação dela”.

Vicente de Mello

Vicente de MelloVicente de Mello (Rio de Janeiro, 1967) formou-se em publicidade pela Universidade Estácio de Sá e especializou-se em história da arte na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ). No início de sua carreira como fotógrafo trabalhou no Departamento de Fotografia do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM-RJ), onde era responsável pelo setor de documentação, função que desempenhou de 1989 a 1998.

Seus trabalhos artísticos foram exibidos na Bienal de Havana (1997), no Culturgest, em Lisboa (2000), no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB-RJ, 2001), no Museo del Barrio, de Nova York (2001), no Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires (Malba, 2002) e na Maison Européene de la Photographie, em Paris (2007). Pela exposição na Pinacoteca do Estado de São Paulo, em 2007, recebeu o prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). Suas imagens integram a coleção de vários museus nacionais e internacionais. É, ainda, autor do livro Áspera imagem (Aeroplano,2006).

Waldir Barreto

Crítico e curador independente, mestre em História Social da Cultura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, doutor pela Universidad de Granada / Universidade Nova de Lisboa.

Beatriz Lemos

Licenciada em História da Arte pela UERJ e mestranda em História Social da Cultura PUC-RJ, trabalhou, entre 2002 e 2008, como assistente na área de pesquisa e curadoria no Museu de Arte Contemporânea de Niterói. Dedica-se, atualmente, à curadoria independente com pesquisa voltada para a arte contemporânea e seus desdobramentos em redes. Integra a equipe de coordenação do Programa de Residência Terra UMA, em Minas Gerais, e articula projetos de intercâmbios entre cenas de arte na América Latina, participando de residências e idealizando exposições no Brasil e exterior. É uma das editoras da Revista de Arte Elástica.

Serviço

Brasília Utopia Lírica
Exposição com fotografias de Vicente de Mello
Visitação: 15 de julho a 7 de setembro de 2015 – de quarta a segunda (fecha na terça), das 9h às 21h
Local: Galeria III
Entrada Franca
Classificação indicativa: livre para todos os públicos

Bate-papo com Vicente de Mello, Beatriz Lemos e Waldir Barreto

Data: 16 de julho
Horário: 15h
Local: Em frente à galeria III do CCBB
Entrada Franca
Classificação indicativa: livre para todos os públicos

PUBLICIDADE

COMENTE

A responsabilidade do comentário é do autor da mensagem e não representa a opinião do Portal Agita Brasília.