Cerrado começa 2022 com duas derrotas consecutivas para fechar o 1º turno

Por Jorge Agle
Agência de Notícias UniCeub/Jornal de Brasília

O time da Unifacisa, de Campina Grande (PB), venceu o Cerrado por 88 a 74, no ginásio da ASCEB, em Brasília. Sob o comando de David Cubillan, a equipe paraibana chegou a sua 3ª vitória seguida e se mantém na briga para ir direto a 2ª fase dos playoffs.

O Cerrado Basquete entrou em quadra com Dawkins, Von Haydin , Paulo , Serjão e Ruan e no comando do time, Gabriel Millian, que substituiu o técnico Bruno Lopes, infectado pela Covid-19. Já o UNIFACISA começou o confronto com Cubillan, Crescenzi, Antonio, Gerson e Jimmy, sob comando do técnico César Guidetti.

Começo promissor

Os donos da casa começaram bem na partida, com Paulo acertando uma bola de três pontos e uma de dois para o time do DF. O jogo apresentava situação de equilíbrio, porém o time paraibano assumiu a ponta e terminou o 1º quarto vencendo por 19 a 18. Os destaques, pelo lado do UNIFACISA, foram Cubillan, que marcou 9 pontos, e Gerson, que conseguiu 4 rebotes. No Cerrado, Paulo anotou 6 pontos.

O 2º período começou com o time brasiliense também em ritmo intenso, quando chegou a fazer 8 a 0 nos primeiros minutos do quarto. Com isso, o técnico adversário, César Guidetti, pediu tempo e a partir daí a equipe da Paraíba reassumiu a liderança.

Os visitantes administraram o quarto e fecharam em 41 a 36. O destaque ficou para a jogada do pivô do Cerrado, Serjão, que anotou 2 pontos no ataque e logo em seguida, deu um toco no jogador adversário na defesa em lance que animou a torcida.

Paraibanos na ponta

No 3º quarto, os pivôs da equipe brasiliense, Serjão e Gusmão, tentaram colocar o Cerrado na frente, mas o time adversário manteve- se liderança. Em um último período truncado e sem muitas emoções, a UNIFACISA continuou administrando a partida e fechou o confronto em 88 a 79.

Os dois times encerraram suas participações no 1º turno da competição. O Cerrado volta a atuar no dia 27/01, em casa, contra a equipe do São Paulo, às 20h30. Já o time paraibano volta a jogar em casa contra o Basquete Cearense, no dia 26, às 19h.

Destaques do jogo

Pelo vencedor da partida, o armador venezuelano David Cubillan foi o cestinha do jogo com 33 pontos, batendo seu recorde pessoal no NBB, que era de 24 pontos, feitos em 2018 contra o Basquete Cearense. O maior assistente da noite foi o armador do Cerrado, Pierotti, com 6, e o outro destaque do confronto, foi o pivô da equipe de Brasília, Ruan, que conseguiu 10 rebotes ao todo.

*Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

O post Cerrado começa 2022 com duas derrotas consecutivas para fechar o 1º turno apareceu primeiro em Jornal de Brasília.