Chacina: PCDF pede internação de adolescente suspeito

Chacina: PCDF pede internação de adolescente suspeito

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) pediu, nesta quarta-feira (25), a internação provisória do adolescente de 17 anos suspeito de participar da chacina que matou nove pessoas do mesmo núcleo familiar. O pedido, realizado pela Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) I, foi feita depois que a Polícia Militar do DF (PMDF), localizou o jovem, na noite desta terça-feira (24).

O menor de idade disse em depoimento informal que recebeu R$ 2 mil, e ainda receberia mais R$ 3 mil ‘dos comparsas’ por ajudar no crime. Ele não detalhou o que fez e nem quem o pagou. Segundo a PMDF, o mesmo possuía dois mandados em aberto, mas foi liberado, pois as ordens judiciais já haviam expirado.

Um adulto, encontrado com o jovem no momento em que ele foi apreendido, também foi preso e liberado nesta terça. Uma denúncia anônima entregou a localização dos dois, no Itapoã. O homem negou qualquer envolvimento com a chacina da família, alegando que só estaria acompanhando o jovem quando os policiais chegaram. Ele foi liberado depois de provar que não tinha envolvimento na situação.

Três suspeitos da chacina que já estão presos: Gideon Batista, Horácio Carlos e Fabrício Canhedo foram retidos nos últimos dias. A polícia ainda procura Carlomam dos Santos Nogueira, que passou a ser suspeito após a investigação encontrar suas digitais em locais ligados ao crime.

O crime

No último dia 13, a cabeleireira Elizamar e seus três filhos desapareceram após deixarem a casa do sogro, onde ela teria ido para buscar o marido, Thiago Gabriel. Dois dias depois, o carro da cabeleireira foi encontrado queimado com quatro corpos carbonizados na GO-436, em Luziânia (GO).

No mesmo dia, Thiago, os sogros de Elizamar, Marcos Antônio de Oliveira e Renata Juliene Belchior, e a cunhada, Gabriela Belchior, também desapareceram. Na madrugada do sábado (14), o carro de Marcos foi encontrado também queimados com os corpos da esposa e da filha dele, na BR-251, próximo a Unaí (MG).

Ainda no dia 17, a ex-esposa de Marcos, Cláudia Regina Marques de Oliveira, e a filha dela, Ana Beatriz Marques de Oliveira, também tiveram o desaparecimento registrado. Mesmo assim, familiares delas afirmam que elas teriam sumido ainda no dia 13.

Corpos encontrados

Os primeiros corpos encontrados e revelados foram os da cabeleireira Elizamar Silva, de 39 anos, e dos três filhos dela, que foram achados carbonizados dentro do carro em Cristalina-GO.

Neste mesmo dia, a Polícia Civil do DF (PCDF) confirmou que o corpo esquartejado encontrado em um cativerio em Planaltina era de Marcos Antônio, o sogro de Elizamar.

Nesta terça-feira (24), o Instituto Médico Legal identificou mais quatro corpos: os de Renata Belchior e Gabriela Belchior, que foram encontrados carbonizados dentro de um carro em Unaí-MG, e os de Thiago Belchior, filho de Renata e marido de Elizamar, e de Cláudia Regina Marques, ex-mulher de Marcos Antônio.

Um terceiro corpo também foi encontrado, mas ainda não foi identificado. Ele é provavelmente de Ana Beatriz, filha de Cláudia.

O post Chacina: PCDF pede internação de adolescente suspeito apareceu primeiro em Jornal de Brasília.

Generated by Feedzy