Pesquisar
Close this search box.

Clube antigo e cheio de história vira cenário de abandono

Localizado em Sobradinho, Sodeso não recebe reformas desde 2012, e moradores pedem reabertura do


Localizado em Sobradinho, Sodeso não recebe reformas desde 2012, e moradores pedem reabertura do espaço

O Sodeso (Sociedade Desportiva Sobradinhense), localizado em Sobradinho, DF, completaria, esse ano, se estivesse aberto, 60 anos de atividade. No entanto, a única coisa que existe no espaço que, antes, reunia famílias, amigos e atletas, é mato alto, portões de ferro enferrujados e estruturas completamente abandonadas, como janelas e portas quebradas. Ele foi fechado e leiloado em 2012, devido a dívidas, e desde então, moradores da cidade lutam pela reabertura do clube.

A área total de 26 mil metros quadrados foi vendida por 2,5 milhões de reais. A população, desde então, lamenta o fechamento do Sodeso, haja vista que, antigamente, além de clube e espaço para prática de esportes, o local também funcionava como salão de eventos.

Conforme os moradores, os problemas do clube eram maiores. Segundo a comunidade, a má gestão do Sodeso, que tinha concessão do espaço público, acumulou dívidas com o governo, impostos não pagos e contas de água e luz atrasadas.

A Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap), então, entrou na justiça para pedir o terreno de volta. “Foi tudo uma grande falta de compromisso”, avalia Alberto Oliveira, de 62 anos, morador antigo de Sobradinho. “Gostava muito de frequentar o lugar e já joguei muita bola com amigos aqui. É um espaço que faz falta, e que tenho certeza que, se ainda funcionasse, seria muito frequentado”, acrescentou.

Em agosto deste ano, a Terracap cumpriu a ordem judicial de reintegração de posse da área. Agora, um grupo de moradores resolveu criar um movimento de integração chamado “Amigos Pioneiros do Clube Sodeso” e lutar para que o espaço volte a ser de uso múltiplo.

“O Movimento Comunitário é pela reintegração do terreno para uso coletivo de múltiplas funções culturais, sociais e desportivas, atendendo as comunidades com cursos profissionalizantes, apoio aos Idosos com exercícios em geral, etc”, explica o pastor Edivaldo de Freitas Duarte, presidente da manifestação.

“Estamos atrás de apoio de segmentos políticos e administrativos, como secretarias e a própria Terracap, para a área ser novamente disponibilizada para a comunidade. Temos carência deste tipo de espaço na cidade, e Sobradinho é um celeiro para atletas”, acrescentou.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como explica Alberto, há anos atrás, o Sodeso contava com piscinas olímpicas, campo de vôlei e de futebol, salão de festa e, até, mesas de ping pong. “Podíamos fazer de tudo ali, desde churrascos a bailes”, comenta o aposentado. Por essa razão, foi criado um abaixo assinado que já reuniu mais de 10 mil assinaturas de moradores que desejam a volta do espaço de lazer.

Como manifestou o presidente da Câmara Legislativa do DF (CLDF), deputado Wellington Luiz (MDB), a causa é justa e receberá o apoio da Casa. “Parabenizo a comunidade por essa luta, que é extremamente digna. O movimento pode contar com o apoio do legislativo, pois não mediremos esforços para ajudá-los a garantir o que é deles por direito”, afirmou o parlamentar. O Sodeso sempre foi referência na cidade, por causa dos projetos sociais e por atender a população local.

A administração

Ao ser procurada, a Administração Regional de Sobradinho informou ao JBr que sendo a área do Clube Sodeso pertencente à Terracap, nada pode fazer com relação a projetos e reformas.

O que diz a Terracap

A Terracap diz manter um posto de vigilância no local e, com a reintegração, os lotes retornam para o estoque de imóveis da entidade e podem ser comercializados segundo o planejamento da empresa. Sobre a possibilidade da área ser transformada em um espaço público de lazer, a empresa apenas informou que trata-se de uma questão judicializada e que esgotaram-se todos os prazos legais para regularização do local.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.