Pesquisar
Close this search box.

Com mais 62 enfermeiros graduados, ESCS já formou 720 profissionais da área

Instituição de ensino superior da Saúde do DF foi criada em 2001. Secretária de


Instituição de ensino superior da Saúde do DF foi criada em 2001. Secretária de Saúde enfatiza diversidade de atuação na carreira

A Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS) graduou 62 enfermeiros nesta terça-feira, 12. Com os novos profissionais, chega a 720 o número de profissionais da área formados pela instituição. A solenidade de outorga ocorreu no auditório da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs) com a presença da secretária de Saúde do DF, Lucilene Florêncio.

“Temos oito mil enfermeiros na rede [do DF] e, hoje, muitos atuam como coordenadores das equipes Estratégia Saúde da Família, porta de entrada da atenção primária. Setenta por cento dos gerentes das UBSs são enfermeiros. Além disso, quando falamos de vigilância epidemiológica, cobertura vacinal, temos um enfermeiro cuidando”, apontou sobre os diversos campos de atuação possíveis na enfermagem. A gestora preside Fepecs, fundação vinculada à SES-DF e mantenedora da ESCS.

A responsabilidade e a importância do cuidado holístico da profissão foram ressaltadas pela paraninfa da turma, a professora Francilisi Brito Guimarães Valente, que pontuou valores necessários para a atuação profissional. “Lembrem-se da humildade, porque o autoritarismo e a arrogância podem nos privar de grandes momentos de amizade e companheirismo. Sempre tenham em mente que o respeito e a autoridade vem pelo conhecimento e pelo amor à profissão, ouçam com calma os seus pacientes e tenham compaixão”, aconselhou.

Representando a turma de enfermagem, o recém-formado Samuel dos Santos Gomes, orador da turma, destacou a trajetória dos quatro anos de formação, principalmente as adversidades enfrentadas durante a pandemia. “A turma iniciou no ano de 2020 e a pandemia impactou o curso por dois anos. Então, o lugar de aprendizado se tornou um lugar de partilha, de troca de sentimentos”, declarou.

Além disso, o orador ressaltou o papel da enfermagem durante o período, como os profissionais que atuaram na linha de frente. Os 62 novos enfermeiros integram a 12°turma de enfermagem da ESCS.

Também participaram da solenidade a diretora-executiva da Fepecs, Inocência Rocha da Cunha Fernandes; a diretora-geral da ESCS, Marta David Rocha de Moura; a coordenadora do curso de enfermagem, Teresa Christine Pereira Morais; a professora patronesse da turma, Elisangela Andrade Silva Motta; e a pró-reitora de graduação da UnDF, Alessandra Edver;

80 médicos formados

A ESCS também realizou a formatura de 80 novos médicos nesta semana. Durante o evento, a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio, destacou a importância da empatia, além do conhecimento teórico, na atuação da profissão.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A dedicação ao paciente e o amor incondicional à medicina até o último dia de trabalho não podem ser esquecidos. O que os tornarão especiais será a maneira como vocês se portam, as conversas com os pacientes, os sorrisos tranquilizadores e os abraços. Isso que os tornarão extraordinários”, afirmou em discurso na solenidade.

Os 80 graduandos fazem parte da 18ª turma da ESCS, que já formou 1.203 médicos desde sua criação, em 2001.



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.