Conheça o Solo, novo restaurante italiano que abrirá na Asa Sul

Prestes a inaugurar na quadra 403 da Asa Sul, o Solo Ristorante tem longa história mesmo antes da abertura. Originalmente, o espaço levaria o nome (e a expertise) de ninguém menos que Salvatore Loi, mas após a saída do chef premiado do projeto, tudo foi reformulado e agora o empreendimento contará com os conhecimentos gastronômicos de outro chef na cozinha: Leandro Garden.

Com inauguração marcada para a segunda-feira (17/1), o restaurante é fruto de uma sociedade entre o empresário Raul Teixeira (que também é dono do Paris 6 Brasília), o arquiteto Luiz Felipe Melo e o executivo catarinense Maikon Britto, que trabalhou no antigo Gero Brasília e também passou pelo Fuego.

De acordo com Maikon, a proposta do Solo é oferecer gastronomia italiana clássica, mas com leveza em todos os pratos. “Desenvolvemos receitas com algumas releituras, misturando montanha com mar, instigando o paladar de quem prova”, conta. “Será uma experiência pautada por muita técnica e sabor”, complementa.

Menu amplo e para todos os gostos

Ele indica que o foco do menu será nas massas artesanais. Nas estradas, vale experimentar o Carpaccio Solo (R$ 59), feito com fatias finas de carne, temperadas com tapenade de azeitonas pretas, creme de Grana Padano, rúcula, sal e pimenta-do-reino. Outra boa pedida é a Insalata di gamberetto (R$ 69), que leva mix de folhas verdes, tomates-cereja, crosta de pão com ervas, pistache e camarão envolto na pancetta grelhada.


0

Dentre os principais, os holofotes ficam para o Fettuccine di spinaci allo scoglio in mare (R$ 78), com massa fresca de espinafre com camarão, lula, lagostim, mexilhão ao molho velouté de limão siciliano, tomate cassé e salsa. Ainda nas massas, o Pappardelle con ragù di agnello e fonduta di grana padano (R$ 72), feito com massa fresca feita na casa com lascas de cordeiro assado em baixa temperatura ano próprio molho, cogumelo shitake e fonduta de Grana Padano.

Há uma sessão apenas para risotos, como o Risotto alle castagne con pancetta di maiale (R$ 75), que leva arroz carnaroli cozido com vinho branco e caldo de carne, com castanhas e barriga de porco assados em baixa temperatura, glaciados no próprio molho. Outra opção é o Risotto ai funghi di bosco (R$ 82), com arroz carnaroli cozido com vinho branco e caldo de legumes com cogumelos shitake, shimeji, porto belo e porcini grelhados; finalizado com manteiga, azeite e Grana Padano

Para completar, vale investir no Polpo alla brace (R$ 115), que é um polvo grelhado na brasa com polenta branca, tomates confitados e molho de salsa verde e no Confit di anatra (R$  85), feito com coxa de pato confitada em baixa temperatura ao molho de laranja, acompanhado de purê de batatas e aspargos.

Para adoçar o paladar, Choux alla crema di pistacchio (R$ 26), que é uma rosca de profiterole recheada com creme de pistache. Há ainda o Tiramissù au fichi (R$ 32), que é a clássica sobremesa italiana com creme de mascarpone, conhaque, biscoito champanhe, cacau em pó, café e compota de figos frescos feita na casa.

Drinques clássicos e releituras

O local conta ainda com carta de drinques clássicos e releituras assinadas pelo mixologista Washington Luiz. Vale destacar o Brasílico Fizz (R$ 27), com vodca Ketel one, limão, xarope de manjericão e água com gás; e o Olio Negroni (R$ 35), com uísque, azeitona, Vermouth dry, Cynar, azeite extra virgem e folha de louro. Haverá, ainda, uma ampla carta de vinhos.

Espaço aconchegante e aberto

Projetado pelo arquiteto Luiz Felipe Melo, da Cambraia e Melo, o restaurante tem ambiente aconchegante e conceito aberto. “Teremos uma área externa generosa, com cozinha aberta, toda em vidro”, ressalta o profissional. “A ideia é que os clientes possam acompanhar o processo de preparo de seus pratos”, finaliza.


0

Solo Ristorante

403 Sul. Telefone: (61) 3879-1889. De segunda a quinta, das 11h30 às 15h e das 18h30 à 0h. Sexta e sábado, das 11h30 à 0h30. Domingo, das 12h às 17h. 

O post Conheça o Solo, novo restaurante italiano que abrirá na Asa Sul apareceu primeiro em Metrópoles.