Copa do Mundo: 2ª semana tem confirmação de favoritismos

Copa do Mundo: 2ª semana tem confirmação de favoritismos

Foram 48 jogos e 32 seleções em campo na fase de grupos da Copa do Mundo. Agora, nas oitavas de final, tudo será diferente.

As eliminações precoces de Alemanha, Bélgica e Dinamarca também surpreenderam e apontaram que o favoritismo seria deixado para trás no momento do Mundial.

Porém, não é bem assim. Inglaterra, Argentina e França já estão com lugares nas quartas. Nesta segunda semana, são 16 equipes batalhando pela taça de 2022 e somente a garantia da dúvida.

Eficiência da Seleção

Apesar de ter passado em primeiro lugar do grupo G, a Seleção Brasileira apresenta os números abaixo do padrão de copas anteriores em questão de eficiência com apenas três gols e 51 finalizações.

Inclusive, desde 1978 (em que o país fez dois chutes na caixa), o Brasil não demonstrava tanta dificuldade no ataque.

Suplementar a isso, os desfalques também podem fazer a diferença. Sem os nomes de Gabriel Jesus e Telles, o time pode ter ainda mais problemas.

Além disso, após a derrota pelo Camarões por 1 a 0, a atuação de Pedro foi bastante discreta. O atleta atuou por 26 minutos na partida e pouco tocou na bola.

“Sem Jesus será que Pedro será uma boa substituição de Richarlison se preciso?”, questionam torcedores.

Será que passará por problemas, como a Bélgica, que chegou longe na edição passada e agora foi desclassificada logo no início?

Com o empate contra os croatas, a decepção pelos belgas foi sentida de uma forma maior do que a da Alemanha, tendo em vista que a seleção também deu adeus ao troféu em 2018 na mesma fase.

Ameaça coreana

Quem quase perdeu, mas assegurou a vaga foi a Coreia do Sul. Na Copa de 2010, na África do Sul, a equipe asiática também chegou às oitavas. Depois de um jogo suado contra Portugal – em que virou no segundo tempo – os coreanos superaram a equipe de Cristiano Ronaldo e disputarão com o Brasil na segunda-feira, às 16h.

Outra surpresa asiática

O Japão driblou a Alemanha e a Espanha. O time que vem trazendo uma ótima qualidade de jogo, surpreendentemente, venceu equipes poderosas e com um alto repertório.

Porém, perdeu para a Costa Rica por 1 x 0. Esta é a quarta oportunidade na qual os Samurais Azuis ultrapassam a fase de grupos de um Mundial de seleções em sete participações.

Senegal foi bem, porém, se despediu do Mundial neste domingo (4). Exibindo uma chave “mais fácil”, o país africano venceu o Catar e o Equador. Contudo, não foi palho para os ingleses que fizeram três gols e saíram invictos sem receber nenhum tento. A questão é: será que a presença de sua estrela Mané poderia trazer mais essa vitória?

EUA pelo caminho

Além dele, outro que não avançou foi Estados Unidos. Após jogar as oitavas contra a Holanda _ que se impôs por 3 x 1 – os americanos voltam para o seu país com 17 chutes ao gol e somente uma finalização correta.

Já no antigo grupo C, a Polônia foi esmagada pela França de Mbappe – que se tornou o artilheiro da Copa com cinco gols. Dessa forma, os bleus estão mais uma vez entre as quatro melhores da Copa do Mundo pela terceira edição consecutiva.

Dessa vez, quebrando paradigmas de que não chegaria tão longe em 2022 por conta dos seus jogares não atuarem nessa ediçaõ. Ademais, Argentina, teve um resultado melhor que sua parceira de janela, depois de elevar o triunfo contra a Austrália por 2 x 1.

Inglaterra mandou embora Senegal

No último jogo do domigo, a Inglaterra fez valer o favoritismo e espantou Senegal por 3 a 0. Kane foi o destaque com assistência e gol.

Veja mais:

Seleção com o pior índice de eficiência
Brasil – 3 gols /17 chutes a gol / 51 finalizações

Estados Unidos – 2 / 13,59 / 27

Artilheiro geral

5 gols – Mbappé (FRA)

Jogador com mais passes certos

1 – Rodri (Espanha): 461 (431 certos – 93,5%)

2 – Rodrigo de Paul (Argentina): 293 (256 certos – 87,4%)

3 – John Stones (Inglaterra): 290 (278 certos – 95,9%)

Jogador com maior número de assistências

3 assistências – Harry Kane (ING) e Bruno Fernandes (POR)

Jogadores que mais marcaram faltas

1º Saud Abdulhamid (Arábia Saudita) – 6 faltas

2º Abdulellah Al-Malki (Arábia Saudita) – 5 faltas

Goleiro com maior número de defesas

Szcesny (Polônia) – 6.0

Milinkovic-Savic (Sérvia) – 5.3

Mohammed Al-Owais (Arábia Saudita) – 4.7

Goleiro mais vazado

7 gols – Keylor Navas (CRC)

Seleção que mais marcou gols

12 gols – Inglaterra

9 gols – Espanha

Seleção que mais sofreu gols

Costa Rica – 11 gols sofridos

Sérvia – 8 gols sofridos

Qatar – 7 gols sofridos

Seleção que teve maior posse de bola

Espanha – 82%

Inglaterra – 78%

Alemanha – 74%

Seleção que mais chutou ao gol

Alemanha – 26 finalizações / 9 no alvo

França – 23 finalizações / 7 no alvo

Brasil – 22 finalizações / 8 no alvo

Seleção que menos chutou ao gol –

Catar e Sérvia

Seleção que mais fez faltas

Arábia Saudita – 21 faltas

Gana – 19 faltas

Por Monique Del Rosso

O post Copa do Mundo: 2ª semana tem confirmação de favoritismos apareceu primeiro em Agência de Notícias CEUB.

Generated by Feedzy