Pesquisar
Close this search box.

DF investe R$ 19,1 milhões em rodoviárias em 2023

A iniciativa reforça o compromisso do GDF com o setor agrícola e o fortalecimento


A iniciativa reforça o compromisso do GDF com o setor agrícola e o fortalecimento da produção local

As obras de construção e reforma das rodoviárias tiveram um grande destaque em 2023. Os moradores e passageiros de ônibus do Sol Nascente, Varjão, Itapoã e Gama terão melhorias no transporte público coletivo em 2024. A rodoviária do Sol Nascente foi entregue este mês e as obras dos espaços das outras três regiões administrativas estão avançadas.

Sensível ao problema, o Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri-DF), com o apoio de emendas parlamentares que viabilizaram os recursos necessários para a obra, realizou, no início de dezembro de 2023, uma licitação pública no valor de R$ 1.405.551,78 para a escolha da empresa responsável pela construção do novo Empório.

Com essa etapa importante concluída, a obra foi iniciada ainda em dezembro. Isso contribuirá para o desenvolvimento econômico da região, proporcionando aos agricultores locais uma infraestrutura moderna e adequada para suas atividades comerciais. A iniciativa reforça o compromisso do GDF com o setor agrícola e o fortalecimento da produção local.

O secretário de Transporte e Mobilidade do Distrito Federal, Flávio Murilo Prates, destaca que o grande avanço do ano foi a entrega da Rodoviária do Sol Nascente e que a construção mais avançada é a do Varjão, com mais de 80% de execução. “No terminal do Itapoã, estamos com 75% de avanço das obras, e no Gama, já finalizamos 60% da reforma da estrutura“, afirma o secretário.

Investimento

O investimento do Governo do Distrito Federal (GDF) nas obras das quatro rodoviárias é de R$ 19,1 milhões. Todas contam com soluções arquitetônicas de acessibilidade e trarão mais conforto e comodidade aos passageiros dos coletivos.

“Uma das missões dessa gestão é melhorar a mobilidade urbana e, para isso, estamos investindo na construção de espaços apropriados para o embarque e desembarque de passageiros. Os terminais oferecem estrutura durante a espera, como banheiros e lanchonetes e facilitam o processo da integração”, explica o subsecretário de Terminais da Semob, Denyson Franklin de Souza.

→ Sol Nascente
A Rodoviária do Sol Nascente Trecho 2 foi entregue no último dia 21 e começou a funcionar com oito linhas de ônibus: 0.047; 0.159; 0.332; 333.9; 364.1; 364.3; 364.5; e 0.907. A linha 364.4, que também circula pelo Sol Nascente, não terá partidas do novo terminal, por enquanto.

Com investimento de R$ 4,7 milhões, a rodoviária foi erguida em terreno com área de 24.250 m², localizada na Quadra 105, Trecho 2. Com a nova estrutura será possível ampliar o número de linhas e viagens de ônibus, levando melhorias a cerca de 20 mil usuários de transporte público da região.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A rodoviária conta com seis baias para embarque, dez pontos de estocagem, 14 vagas de estacionamento para veículos e 11 para motos, paraciclos com 24 vagas, três salas para apoio administrativo, além de lanchonete e banheiros com acessibilidade.

→ Varjão
Os passageiros do Varjão contarão com uma nova estrutura para as chegadas e partidas de ônibus na Quadra 10. A primeira rodoviária da região está sendo construída em um terreno de 1,4 mil m² e beneficiará cerca de nove mil moradores da região administrativa.

Com um investimento de cerca de R$ 1,7 milhão, o projeto prevê espaços para sala de administração, banheiros adaptados com acessibilidade, paraciclos, dois boxes de embarque e desembarque, além de seis vagas para o estacionamento dos ônibus. Com a nova estrutura, será possível a ampliação de linhas que passam pela RA.

→ Itapoã
Muito aguardado pela população, a Rodoviária do Itapoã também será a primeira da região. Localizada na Quadra 203, a nova estrutura vai beneficiar cerca de 65 mil moradores da região administrativa e está sendo construída em um terreno com 9,5 mil metros.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O espaço terá seis plataformas, seis pontos de estocagem, 33 vagas para veículos, 20 vagas para motos, paraciclos, bicicletário, banheiros com acessibilidade, lanchonete e salas administrativas.

→ Gama
A Rodoviária do Gama está instalada em um terreno de 5.760 m², no Setor Central da região administrativa. O local dispõe de 24 vagas para estacionamento de ônibus e, com a reforma, ganhará calçadas com piso tátil. Além disso, os degraus das plataformas e da área comercial serão retirados, visando garantir mais segurança para as pessoas com dificuldades de locomoção.

O projeto de reforma prevê a modernização e adequação das instalações para atender a atual demanda de transporte público. O planejamento também contempla a atualização das redes de instalação de água, esgoto, elétrica, telefônica, bem como reforço na prevenção contra incêndio e na acessibilidade. A obra está orçada em R$ 8,3 milhões.

Últimas entregas


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Secretaria de Transporte e Mobilidade entregou à população do Distrito Federal, nos últimos anos, duas novas rodoviárias. Uma em Sobradinho, em maio de 2020, e outra em Santa Maria, em julho de 2021. Também foi concluída a reforma da de Brazlândia, em 2022.

O que vem por aí

Além das obras em andamento, outras cinco rodoviárias estão previstas para serem construídas. A futura Rodoviária do Arapoanga já tem projeto arquitetônico a ser adequado ao terreno que está em fase de regularização. Por sua vez, os projetos dos espaços da Estrutural, da Candangolândia, de Vicente Pires e de Arniqueira estão em andamento.

*Com informações da Agência Brasília


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.