Pesquisar
Close this search box.

DF oferece rota turística para visitantes

Para quem pretende passar o Natal no DF, a Esplanada dos Ministérios, a Praça


Para quem pretende passar o Natal no DF, a Esplanada dos Ministérios, a Praça do Buriti e a Praça do Cruzeiro serão transformados em espaços mágicos e repletos de atividades para todas as idades

Com uma programação especial que promete atrair mais de 1 milhão de pessoas neste fim de ano, o Distrito Federal se prepara para acolher os turistas que escolheram a capital como destino final durante as férias de dezembro. Para esse público, a Secretaria de Turismo (Setur) separou 13 rotas turísticas, organizadas por segmentos que mostram que a Brasília tem muito a oferecer, com atrações e espaços para todos os gostos e bolsos.

Para quem pretende passar o Natal no DF, a Esplanada dos Ministérios, a Praça do Buriti e a Praça do Cruzeiro serão transformados em espaços mágicos e repletos de atividades para todas as idades. O investimento é de R$ 7 milhões para executar o evento Um Sonho de Natal, que será totalmente gratuito para os visitantes.

Também neste mês, o DF vai receber o Salão Nacional do Turismo. Nos dias 15, 16 e 17 de dezembro, na Arena BRB Mané Garrincha, devem passar cerca de 10 mil visitantes por dia para desfrutar de uma diversidade de experiências turísticas.

“Esse evento é nacionalmente importante, trazendo o que cada estado tem de melhor. Também no primeiro dia do Salão do Turismo, a gente pretende fazer a ligação das luzes do nosso evento de Natal e teremos a maior festa de Réveillon dos últimos anos”, afirmou o secretário de Turismo, Cristiano Araújo.

Turismo em alta

Brasília tem se tornado um destino cada vez mais procurado não só por turistas locais, mas também pelos estrangeiros. De acordo com dados divulgados pelo Ministério do Turismo, de janeiro a outubro deste ano, chegaram a Brasília 4.782.775 turistas de fora do país, sendo 2.896.730 da América do Sul e 929.663 da Europa. Este número é 74% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando houve um total de 2.748.535 turistas internacionais.

Prova disso é o recorde de arrecadação do Imposto sobre Serviços (ISS) pagos pelo setor de hotelaria, o que representa uma alta taxa de ocupação durante todo o ano de 2023. “Foi um ano extremamente proveitoso e produtivo. O ISS pago pelos hotéis vai bater a marca de R$ 23,6 milhões, um recorde se formos comparar com os anos anteriores. Até 2020, a arrecadação desse imposto não passava dos R$ 8 milhões”, pontuou o secretário.

De acordo com ele, esse número mostra que a cidade está aumentando sua capacidade de receber turistas. “Os números do ISS são os mais fidedignos que temos na área do turismo. Nós batemos o recorde de ocupação de hotelaria, de turismo, de lotação de restaurantes e bares, por exemplo. Isso mostra que estamos no caminho certo”


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Recepção

Para acolher essa gama de visitantes, o GDF investe cada vez mais no turismo e nos centros de atendimento ao turista (CATs), que são a porta de entrada para receber e dar informações sobre os pontos turísticos da cidade.

Somente na região central da capital federal existem cinco pontos de apoio, sendo quatro fixos (Aeroporto, Esplanada dos Ministérios, Rodoviária Interestadual e 308 Sul) e um móvel, na Torre de TV – a unidade funciona de sexta a domingo, em todos os fins de semanas e feriados.

Nos CATs, os visitantes encontram todo o apoio de que precisam e recebem gratuitamente informações sobre os produtos e serviços turísticos no DF e Entorno, como mapas, guias turísticos e materiais promocionais, distribuídos individualmente. Todos os pontos contam com atendentes bilíngues, e o material distribuído ao turista também é traduzido para o inglês.

As informações são da Agência Brasília


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.