Pesquisar
Close this search box.

DF tem 290 vagas de emprego abertas nesta quinta (31)

Entre as oportunidades, 100 são para trabalhar como auxiliar operacional de logística na Zona


Entre as oportunidades, 100 são para trabalhar como auxiliar operacional de logística na Zona Industrial, ofertando um salário de R$ 1.412

Nesta quinta-feira (1º/2), 290 vagas de emprego estão disponíveis pelas agências do trabalhador no Distrito Federal. Entre as oportunidades, 100 são para trabalhar como auxiliar operacional de logística na Zona Industrial, ofertando um salário de R$ 1.412.

Com salário acima de R$ 2 mil, há 14 vagas para açougueiro: dez em Taguatinga Norte (R$ 2.188), três no Lago Norte (R$ 2.019) e uma na Asa Sul (R$ 2.033). Já na faixa dos R$ 3 mil, há uma chance para trabalhar como chef de cozinha no Guará II (R$ 3.500) e uma para comprador na Asa Sul (R$ 3.614).

Para pessoas com deficiência (PcDs), há sete espaços como auxiliar de cozinha em Taguatinga Sul (R$ 1.600), cinco como auxiliar de limpeza na Asa Norte (R$ 1.524), duas como auxiliar de linha de produção no Guará (R$ 1.480) e uma na mesma função na região da Asa Sul (R$ 1.500).

Mesmo que nenhuma das oportunidades do dia seja atraente ao candidato, o cadastro vale para oportunidades futuras, já que o sistema cruza dados dos concorrentes com o perfil que as empresas procuram.

Empregadores que desejam ofertar vagas ou utilizar o espaço das agências do trabalhador para entrevistas podem se cadastrar pessoalmente em uma das 14 unidades ou pelo aplicativo Sine Fácil. Também é possível solicitar atendimento pelo e-mail [email protected]. Pode ser utilizado, ainda, o Canal do Empregador, no site da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet).

*Com informações de Jak Spies, da Agência Brasília


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.