Pesquisar
Close this search box.

Emoção, serviços e troca de experiência marcam Dia das Mães no Hmib

Companheirismo, vontade de enfrentar os desafios e esperança. Esses foram alguns dos sentimentos compartilhados


Companheirismo, vontade de enfrentar os desafios e esperança. Esses foram alguns dos sentimentos compartilhados nesta terça-feira (7) no Hospital Materno-Infantil de Brasília (Hmib). A unidade celebrou o Dia das Mães com mulheres internadas ou que acompanham seus filhos. Entre músicas, quitutes, massagens e cuidados com a beleza, o evento revelou as histórias daquelas que, diariamente, unem forças em histórias únicas, ainda que repletas de similaridades.

Francielly Ribeiro, internada no Hmib por conta do risco de um parto prematuro extremo, será mãe pela primeira vez e passou a vivenciar sua gestação internada no Hmib | Fotos: Ualisson Noronha/Agência Saúde-DF

“Aqui vamos aprendendo uma com a outra”, conta Márcia dos Santos, 30. Os três últimos anos ela passou praticamente dentro do Hmib, onde seu filho recebe os cuidados multiprofissionais necessários para conseguir viver. “É uma criança feliz, independente das comorbidades. Aqui, as pessoas amam ele, todo mundo o conhece”, conta, enquanto recebia uma maquiagem durante a confraternização.

Há três anos, Márcia dos Santos praticamente mora no Hmib onde acompanha o filho. Hoje ela aproveitou para mudar o visual e doar o próprio cabelo

Todos os dias, o Hmib acolhe em seus diversos setores entre 100 e 200 mães, desde aquelas que vão para a maternidade às que acompanham seus filhos na emergência ou internados. Uma delas é a Francielly Ribeiro, 18. Grávida do primeiro filho, o Gael, ela está internada no Hmib por conta do risco de um parto prematuro extremo. “É entediante, mas depois conheci o artesanato. No hospital tenho também contato com as outras mães e isso ajuda demais”, diz.

Somente no ano passado, 1.627 crianças nasceram na unidade e 114.717 pacientes, a maioria mães e filhos, foram atendidos na emergência. O hospital conta com 16 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica, 30 de UTI neonatal e dez de UTI adulto, além de 160 leitos da enfermaria, ambulatórios e outros setores, como o de reprodução humana, e o banco de leite. Ao todo, são cerca de 1,6 mil servidores, reforçados por um time de voluntários que realizam ações, como a festa desta terça para o Dia das Mães.

“A alma do Hmib é maternal, é esse o seu diferencial. O coração de mãe sempre tem um espaço para mais um, e buscamos trazer isso para as nossas usuárias e pacientes, seja uma criança, seja uma mãe”, afirma a diretora do hospital, Marina Araújo.

*Com informações da SES-DF



Fonte: Agencia Brasília

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.
Pesquisar
Close this search box.

BUSCAR

MENU