Pesquisar
Close this search box.

Equipes trabalham na contenção de danos causados pelas chuvas no DF

Medidas emergenciais em período integral estão sendo feitas em regiões como Bernardo Sayão, Gama


Medidas emergenciais em período integral estão sendo feitas em regiões como Bernardo Sayão, Gama e Arniqueira

Com as chuvas intensas nos últimos dias, equipes do Governo do Distrito Federal trabalham para mediar o impacto causado nas vias da cidade. Desde quarta-feira (3), diversas regiões do DF vêm recebendo manutenção de redes pluviais, recapeamento de asfalto e desentupimento das bocas de lobo.

Em Bernardo Sayão, no Guará, a Secretaria de Obras e Infraestrutura (SODF) trabalha para reduzir os danos das chuvas. A via BS-07, que liga os condomínios da região, foi a mais atingida. Por lá, equipes atuam desde quarta para tapar buracos, desobstruir as bocas de lobo e limpar a lama acumulada na via.

Equipes atuam para tapar buracos, desobstruir as bocas de lobo e limpar a lama acumulada | Foto: Divulgação/ Secretaria de Obras

“Nós temos uma equipe de prontidão no canteiro de obras para que, caso haja chuvas mais fortes, nós consigamos atuar com rapidez”, explica o fiscal da obra, Renan José de Oliveira. Além disso, dois caminhões fazem o transporte de cascalho e resíduos da construção civil (RCC) diretamente para o canteiro de obras.

O material ficará acumulado no local para, quando necessário, ser transportado mais rapidamente. “Fica a uns 400 metros de onde estamos fazendo obras na via. Se a gente precisar, em alguma emergência, basta buscar com o caminhão e descarregar no ponto crítico”, detalha o fiscal.

As equipes também trabalham no aterramento e compactação do solo; e, após o período chuvoso, outros serviços serão feitos para garantir o bom estado da via. “Até a próxima semana, a gente deve ficar por aqui em período integral. Quando as condições climáticas melhorarem, a gente vai voltar com o maquinário para dar mais uma nivelada no terreno”, conclui.

Atendimento imediato

Servidores da Novacap, com apoio de reeducandos, têm trabalhado integralmente desde os últimos dias de 2023 no Gama | Foto: Tony Oliveira/ Agência Brasília

No Gama, uma rede pluvial se rompeu após a sobrecarga causada pelas chuvas. A demanda, enviada pelos moradores da Quadra 11 na quarta-feira, foi atendida pelas equipes da Novacap, que compareceram no local para um diagnóstico. Os trabalhos de reparo começaram na manhã de quinta-feira (4).

“Esses são serviços feitos ao longo de todo ano, não apenas no período das chuvas. O rompimento acontece porque são redes antigas, com problemas de lançamento de esgoto que aceleram o desgaste natural dos materiais nos elementos que compõem a rede”, explica o  chefe da Divisão de Manutenção de Drenagem Pluvial da Novacap, Edivaldo do Amaral.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O motorista José Eliomar da Silva mora na região do Gama e passava pelo local na hora que a erosão se abriu. Ele diz ter se assustado na hora, reunindo a comunidade para acionar a Novacap. “Eles ouviram imediatamente nossa chamada. Foi muito bom, porque tem muita criança aqui por perto na comunidade. O atendimento foi bem rápido”, relata.

Edivaldo reforça que as equipes da Novacap, com apoio de reeducandos, têm trabalhado integralmente desde os últimos dias de 2023 atendendo demandas consideradas emergenciais – como a que está em andamento na CR 45 do Vale do Amanhecer, em Planaltina, onde há um problema de alagamento de residências. “Estamos trabalhando para solucionar o mais rápido possível”, ressalta.

Já em Arniqueira, está sendo feito um nivelamento do asfalto da Rua do Mirante. Segundo a administradora da cidade, Telma Rufino Alves, a força da água atingiu a camada grossa de massa asfáltica, que foi retirada para nivelação do terreno. Ela afirma que, quando as chuvas diminuírem, o recapeamento será realizado. “Estamos trabalhando de uma maneira geral, desentupindo bueiros, fazendo podas de árvore e limpando tudo na cidade”, observa.

Estado de alerta

Desde quarta-feira, o Distrito Federal está em estado de alerta por conta dos temporais que atingiram diversas regiões e pela previsão de mais chuva nos próximos dias. A medida anunciada pela governadora em exercício Celina Leão mobiliza todos os órgãos do GDF para o pronto atendimento à população em situação de risco.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O decreto nº 45.382 visa dar rapidez nas respostas do governo em caso de fortes chuvas e outras ocorrências. Com a medida, o DF foi dividido em 15 grupos multidisciplinares e foram designados responsáveis pela organização e envio de equipes para os locais afetados. O texto garante a mobilização de profissionais, veículos, equipamentos, maquinários e insumos necessários para o atendimento das ocorrências a qualquer hora do dia, sete dias por semana.

O grupo, liderado pela Secretaria de Governo (Segov), será responsável por mapear os pontos mais impactados pelas chuvas, emitir alertas diários e realizar reparos permanentes.

Com informações da Agência Brasília


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.