Fábrica Social promove aula inaugural da 1ª turma de 2023 nesta quinta (26)

Após iniciar o ano formando 170 alunos, o programa Fábrica Social começa um novo ciclo de qualificação profissional a partir desta quinta-feira (26) com a aula inaugural do curso de corte e costura, a ser realizada na sede do programa, na Cidade do Automóvel.

Durante o curso, alunos vão aprender corte e costura e confeccionar uniformes para órgãos do GDF | Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília

São 356 pessoas matriculadas para a nova turma do curso, que tem duração de um ano e aulas nos turnos matutino e vespertino, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h. Os alunos recebem uniforme, lanche diariamente no período do curso, auxílio de R$ 304 e vale-transporte.

“A partir do momento em que têm contato com outras pessoas, os alunos passam por uma mudança, ampliando os horizontes”
Daniele Lúcia dos Passos, subsecretária de Integração de Ações Sociais

O programa tem como objetivo promover educação profissional e criar oportunidades concretas para inserção no mercado de trabalho e autonomia socioeconômica. “Estamos muito ansiosos para o início do novo ciclo, porque são pessoas que estamos preparando para o mercado de trabalho, independentemente de idade e condição social”, afirma a subsecretária de Integração de Ações Sociais, Daniele Lúcia dos Passos.

O público-alvo é formado por pessoas em situação de vulnerabilidade. Podem se inscrever candidatos a partir de 16 anos residentes do Distrito Federal com cadastro atualizado no Cadastro Único de Programas Sociais do governo federal (CadÚnico), renda familiar per capita de até R$ 200 e que não tenham participado de processos de capacitação e qualificação no programa. Pessoas com deficiência também estão aptas à seleção para o curso.

“É um programa muito importante porque, além de tudo, estamos dando dignidade”, valoriza a subsecretária. “A partir do momento em que têm contato com outras pessoas, os alunos passam por uma mudança pessoal, trabalhando a relação interpessoal e o aspecto de cidadania, ampliando os horizontes.”

Confecção

Durante um ano, os estudantes vão aprender técnicas de corte e costura ao mesmo tempo em que confeccionarão materiais para os órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF) – roupas de capa dos hospitais da rede pública e uniformes de servidores das administrações regionais.

“A gente já começa [a primeira turma de 2023] com essa grande obrigação de ajudar todo o governo com a nossa produção”, lembra o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Thales Mendes. 

O curso está dividido em nove módulos: Malharia inicial, Malharia avançada, Tecido plano inicial, Tecido plano avançado, Corte em tecido, Serigrafia, Bordado computadorizado, Bolsas e acessórios e Bonés e similares.

 

The post Fábrica Social promove aula inaugural da 1ª turma de 2023 nesta quinta (26) appeared first on Agência Brasília.

Generated by Feedzy