Fecomércio/DF e Câmara Legislativa em prol pelo emprego no DF

Publicidade

Foi lançada nesta segunda-feira (25), durante sessão solene realizada às 10h, na Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF), a Frente Parlamentar de Combate ao Desemprego e de Incentivo ao Empreendedorismo da Câmara Legislativa do DF. A Frente foi proposta pelo deputado distrital José Gomes (PSB) e a solenidade contou com a presença de autoridades governamentais, empresários, diretores da Federação, administradores regionais e integrantes do setor produtivo local. Na ocasião, foi anunciado o Projeto de Lei que institui o selo de empresa boa pagadora do DF.

A mesa foi composta pelo primeiro vice-presidente da Fecomércio-DF, Edson de Castro; pelo presidente da frente parlamentar, deputado José Gomes; pelo vice-presidente da frente, deputado Eduardo Pedrosa (PTC); pelo vice-governador, Paco Britto; pelo presidente da Câmara Legislativa, deputado Rafael Prudente (MDB); e pelo presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra), Jamal Jorge Bittar.

O vice-governador Paco Britto esteve presente representando o governador do DF, Ibaneis Rocha, e disse que a geração de emprego e incentivo ao empreendedorismo é uma meta do GDF. “O governador diz que a principal meta é trazer segurança jurídica para os empresários da capital para que possam empreender. E por isso estamos trabalhando para a redução da burocracia, rapidez na entrega de alvarás. Trouxemos a Junta Comercial para o Distrito Federal ainda como promessa de campanha na troca de governo para dar agilidade aos serviços. Mais do que ajudar, não queremos atrapalhar o empresário”, defendeu Paco Britto.

O deputado José Gomes disse que a Fecomércio tem sido ao longo destes 48 anos de sua existência uma trincheira na defesa do ambiente empreendedor da cidade. “Nós empresários compartilhamos a preocupação em comum, sabemos das dificuldades enfrentadas pelo empreendedorismo na capital da República, conhecemos os empecilhos e entraves da atividade produtiva. Por outro lado, conhecemos o sabor do empreendimento dar frutos. Minha defesa é do emprego, da união entre os sindicatos patronal e laboral”, disse. Para ele, a Frente Parlamentar de Combate ao Desemprego e de Incentivo ao Empreendedorismo é mais um passo para mudar a triste realidade de uma capital que tem o maior PIB do país, porém também tem um dos mais altos índices de desemprego. Ele protocolou na Câmara Legislativa o Projeto de Lei que institui o Selo de empresa boa pagadora do DF. “Temos que reconhecer as empresas que tem suas obrigações pagas em dia, porque incentivando a economia, também estamos incentivando o lado social e a geração de emprego”, ressaltou.

O primeiro vice-presidente da Fecomércio, Edson de Castro, disse que há muitas oportunidades de emprego no setor de comércio e que o Sindivarejista, juntamente com a Fecomércio, disponibiliza essas oportunidades por meio de bancos de emprego. “No ano passado, encaminhamos 8,5 mil candidatos para oportunidades em empresas da capital. O comércio é o segundo setor que mais emprega na cidade”, enfatizou Castro.

Já o deputado Eduardo Pedrosa afirmou que a maioria das pessoas só precisa de uma oportunidade. “Acho que a nossa pauta é da independência, pois as pessoas não querem migalhas de políticos, elas querem ser independentes para terem oportunidades de trabalho”, disse o deputado. O presidente da Fibra, Jamal Jorge Bittar, apontou para a necessidade da qualificação profissional, a qual o Sistema S executa com competência através do Sesi e do Senai. “É bastante importante a qualificação profissional. Que bom que nós estejamos preocupados com essa geração, pois as instituições do setor produtivo, como a Fibra e Fecomércio, estão preparadas para isto. Mas infelizmente temos alguns insanos hoje que batem no Sistema S, mas gostaria de manifestar aqui nossa indignação, pois o Sistema S é uma das poucas instituições que funcionam no país. O Sistema já formou 70 milhões de pessoas, quase sempre, de forma gratuita”, ressaltou.

Também participaram da cerimônia a secretária adjunta do Trabalho do Distrito Federal, Thereza de Lamare, o secretário adjunto de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Espedito Henrique de Souza Junior, e a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça.

Fecomércio/DF

COMENTÁRIOS