Pesquisar
Close this search box.

Feminicídio: mulher morre após ser esfaqueada pelo companheiro no Recanto das Emas

João Victor Rodrigues e Luís Nova[email protected] Mais uma mulher foi vítima de feminicídio na


João Victor Rodrigues e Luís Nova
[email protected]

Mais uma mulher foi vítima de feminicídio na noite desta quarta-feira (17). Segundo informações iniciais, a vítima teria sido esfaqueada pelo companheiro. O caso aconteceu na Quadra 604, conjunto 1, em Recanto das Emas.

Após cometer o crime, o suspeito tentou contra a própria vida, mas foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) e encaminhado para o Hospital de Base em estado grave.

De acordo com o Delegado Chefe da 27ª Delegacia de Polícia, Fernando Fernandes, a vítima completaria aniversário amanhã e o crime aconteceu em frente ao filho de 3 anos do casal. “A vítima tinha duas perfurações de faca, uma no pescoço e uma no peito. O autor tentou tirar a própria vida com uma facada no peito”, explica o delegado.

O autor Francisco Farias da Silva tem duas passagens policiais, uma tentativa de homicídio em 2005 e uma Maria da Penha, com outra mulher, em 2013.

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi chamada para intervir por volta das 19h45, relatando inicialmente o uso de arma branca no incidente.

Terceiro Feminicídio do ano

O Distrito Federal registrou o terceiro feminicídio do ano. O primeiro aconteceu oito dias atrás na quarta (10) no Gama. O Ex-companheiro emboscou e disparo 16 vezes contra a ex-namorada. Seis disparos acertaram Tainara Kellen Mesquista da Silva, de 26 anos, que morreu na hora em frente a filha do casal. O autor Wesly Denny da Silva Melo, 29 anos, foi preso no dia seguinte (11) escondido em Santa Maria.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O segundo crime aconteceu em Ceilândia, na QNM24, na última segunda-feira (15). O namorado da vítima, Kelsen Oliveira de Macedo, 42 anos, espancou a companheira, Diana Farias Lima, 37 anos, durante a madrugada e em seguida a estrangulou. O autor fugiu e foi preso no mesmo dia pela Delegacia da Mulher.

Aguarde mais informações.

 


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.