Pesquisar
Close this search box.

GDF acompanha ações emergenciais na Vila Cauhy

Em decorrência dos danos provocados pelas fortes chuvas, o GDF publicou decreto que declarou


Em decorrência dos danos provocados pelas fortes chuvas, o GDF publicou decreto que declarou estado de emergência em todo o Distrito Federal

Os secretários de Governo, José Humberto Pires de Araújo, de Obras e Infraestrutura, Luciano Carvalho, Adjunto de Governo, Valmir Lemos, Executivo das Cidades, Cláudio Trinchão, e o administrador regional do Núcleo Bandeirante, Cláudio Márcio de Oliveira, estiveram na manhã desta quarta-feira (17) na Vila Cauhy, no Núcleo Bandeirante, conforme determinação do governador Ibaneis Rocha e da vice-governadora Celina Leão, para acompanhar o andamento das ações emergenciais adotadas pelo Governo do Distrito Federal em favor da comunidade que foi fortemente atingida pelas chuvas do início de janeiro.

Em decorrência dos danos provocados pelas fortes chuvas, o GDF publicou decreto que declarou estado de emergência em todo o Distrito Federal e prevê plano de ação com medidas para a segurança da vida dos moradores das cidades que estão em áreas de risco e de acordo com as necessidades de cada localidade.

Os gestores andaram pelas Ruas da Glória, Adelino e José de Carvalho, foram nas Pontes Canarinho, Azulão e da Divineia, e conversaram com moradores da região.

O secretário de Governo explicou que as ações imediatas já foram adotadas, mas outras requerem maior tempo para execução. “Estamos resolvendo o que é possível a curtíssimo prazo. O que for necessário ser feito para solucionar o problema causado pelo arrastamento da ponte será feito. No entanto, há soluções que são de médio e longo prazo, pois o rio e a água estão aí”, afirmou em referência às obras estruturantes.

Entre as intervenções do GDF na Vila Cauhy estão reforma e urbanização; implantação de um sistema de drenagem pluvial, com esgoto e água potável; a instalação de gabiões, barreiras que servem para contenção e controle de erosões, nas margens do córrego do Riacho Fundo, e já em execução pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap); e recuperação da mata na região.

Moradora da Vila há 24 anos, a senhora Ericília Lima alertou para a necessidade de a população fazer a sua parte. “As pessoas têm que colaborar e não jogar lixo dentro do córrego, eu acho isso muito errado. Se passa caminhão no dia certo para carregar móvel velho, todo tipo de lixo, ninguém tem que jogar. O inocente paga pelo errado porque quando a natureza vem, ela não vai escolher só o que jogou o lixo, ela vai entrar na casa de todos que estiverem na frente. Eu não concordo com coisas erradas feitas pelo próprio ser humano”, desabafou.

Além das obras emergenciais e estruturantes, o governo tem atendido às necessidades básicas da população. “Estamos dando toda assistência para a comunidade, passando segurança para as pessoas e mostrando que o governo está presente dentro da Vila Cauhy. Nesse período servimos café da manhã, almoço e jantar. Chegamos a distribuir 1.800 refeições no dia. A comunidade sente confiança no governo porque ela não se sentiu desassistida. Todos os órgãos do governo, principalmente da Defesa Civil, estão dando todo apoio”, disse.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As refeições fazem parte da assistência da Secretaria de Desenvolvimento Social, que fez o atendimento das famílias para a concessão de benefícios sociais como os auxílios Calamidade e Vulnerabilidade, ambos no valor de R$ 408; em alguns casos, o Auxílio Excepcionalidade, no valor de R$ 600, que são pagos em até três dias; e Cartão Prato Cheio.

“A ação da Sedes é uma resposta imediata diante das situações de calamidade pública. Nosso objetivo é proporcionar assistência rápida e eficaz à população vulnerável, garantindo abrigo, alimentação e todo o suporte necessário para superar os momentos difíceis. Em parceria com a comunidade e outros órgãos, buscamos garantir direitos em meio às adversidades”, afirma a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra.

As informações são da Agência Brasília


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.