Pesquisar
Close this search box.

Gestão de dois novos restaurantes terá investimento de R$ 35,3 milhões

Esse é o primeiro passo para viabilizar o funcionamento das duas novas unidades, com


Esse é o primeiro passo para viabilizar o funcionamento das duas novas unidades, com previsão de inauguração em 2024

A Secretaria de Desenvolvimento Social do Distrito Federal (Sedes) oficializou nesta quinta-feira (14), no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), a abertura do certame para contratação das empresas que vão fazer a gestão e produzir as refeições dos dois novos restaurantes comunitários, de Samambaia/Portelinha e do Varjão. O investimento estimado é de R$ 35.371.800.

Esse é o primeiro passo para viabilizar o funcionamento das duas novas unidades, com previsão de inauguração em 2024. A licitação será realizada no dia 4 de janeiro. Assim como os dois novos restaurantes comunitários inaugurados neste ano, as unidades de Samambaia/Portelinha e do Varjão já serão inauguradas com a oferta das três refeições – café da manhã, almoço e jantar -, com abertura aos domingos e feriados.

As unidades de Samambaia/Portelinha e do Varjão já serão inauguradas com a oferta das três refeições – café da manhã, almoço e jantar -, com abertura aos domingos e feriados

“A prestação do serviço nos 16 restaurantes comunitários do DF é realizada por empresas terceirizadas, sob gestão da Sedes, que estabelece as normas, o cardápio que é servido e fiscaliza a execução do serviço. Além disso, cada unidade tem um nutricionista da secretaria que acompanha a produção, a higienização e acondicionamento dos alimentos e garante a oferta de refeições balanceadas, nutricionalmente adequadas e na quantidade correta para a população”, explica a secretária adjunta de Desenvolvimento Social, Renata Marinho.

Segundo o edital, o objeto do certame é a contratação de serviços, por meio de registro de preços, de empresa especializada para a prestação do serviço continuado de alimentação e nutrição (café da manhã, almoço e jantar), sem dedicação exclusiva, para gestão dos dois novos restaurantes comunitários. As empresas ficarão responsáveis pelo preparo, fornecimento e distribuição de refeições para atender as demandas da Sedes, conforme especificações e condições estabelecidas no edital de licitação.

*Com informações da Agência Brasília



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.