Pesquisar
Close this search box.

Grupo de trabalho combate a dengue na Região de Saúde Sudoeste

A iniciativa visa elaborar um plano de ação, organizar e otimizar os serviços e


A iniciativa visa elaborar um plano de ação, organizar e otimizar os serviços e os atendimentos para assegurar uma resposta rápida e eficiente às demandas crescentes

A Superintendência da Região de Saúde Sudoeste instituiu, através de publicação no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), um Grupo de Trabalho para combater a dengue e outras arboviroses na área.

A iniciativa visa elaborar um plano de ação, organizar e otimizar os serviços e os atendimentos para assegurar uma resposta rápida e eficiente às demandas crescentes.

O grupo é composto pelas diretorias das Atenções Primária e Secundária; dos hospitais regionais de Taguatinga (HRT) e de Samambaia (HRSam); e pelas gerências das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). As reuniões devem ocorrer semanalmente, às quartas-feiras – a primeira delas foi realizada no fim de dezembro de 2023. Nesses encontros é feito, primeiramente, um diagnóstico situacional, que antecede a discussão de ações e a definição de estratégias.

Os resultados já são perceptíveis. A coleta de exames laboratoriais nas UBSs da região foi ampliada. Além disso, todas as unidades contam agora com salas de hidratação. O fluxo de comunicação entre os níveis de atenção foi otimizado, possibilitando transferências responsáveis dos pacientes e evitando o agravamento dos casos.

A diretora regional de Atenção Primária à Saúde substituta, Mariana Suguino, assinala que a integração entre os serviços é um princípio importante para o êxito do GT. “As reuniões têm nos permitido dar uma resposta ágil e eficiente às demandas.”

Casos de dengue no DF

Em 2023, até a última semana do ano, de acordo com o Boletim Epidemiológico 47, foram notificados 52.864 casos suspeitos da doença, dos quais 40.934 eram prováveis. Com relação à situação epidemiológica nas Regiões de Saúde, a Sudoeste apresentou o maior número de ocorrências prováveis (10.095) – quase um quarto de todos os registros distritais.

A Região de Saúde Sudoeste compreende Águas Claras, Recanto das Emas, Samambaia, Taguatinga, Vicente Pires e Água Quente.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da Agência Brasília



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.