Pesquisar
Close this search box.

Grupo especializado em falso consórcio é preso

Segundo a polícia, ao menos nove pessoas foram vítimas do grupo, causando um prejuízo


Segundo a polícia, ao menos nove pessoas foram vítimas do grupo, causando um prejuízo de cerca de R$ 59 mil

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deflagrou, na manhã desta terça-feira (28), uma operação contra um grupo acusado de falso consórcio entre 2022 e 2023. Foram cumpridos 10 mandados de prisão temporária e seis mandados de busca e apreensão em Taguatinga, Águas Claras, Samambaia, Recanto das Emas, Águas Lindas (GO) e Goiânia (GO).

Segundo a corporação, a associação criminosa utilizava empresas de fachada para copiar anúncios de compra e venda de outros Estados publicados em sites e reproduzir em suas redes sociais como se fossem próprios.

Ao cooptar as vítimas, elas eram instruídas a irem ao escritório para receber mais informações sobre o suposto produto anunciado. No local, era oferecido a elas os serviços de leasing ou consórcio para a aquisição dos bens anunciados.

Feito o cadastro com os dados pessoais das vítimas, após alguns dias, elas recebiam informações sobre uma suposta aprovação. Ao retornar no escritório e assinarem um contrato, era pedido delas uma entrada com a promessa de receber o produto em poucos dias.

Porém, de acordo com a PCDF, ao final do prazo, as pessoas não recebiam o produto e nem conseguiam recuperar o valor pago de entrada. O contato com a empresa, o anunciante e o atendente era cortado e as vítimas não conseguiam respostas.

Segundo a polícia, ao menos nove pessoas foram vítimas do grupo, causando um prejuízo de cerca de R$ 59 mil. Além dessas, a corporação ainda investiga outros 71 possíveis casos envolvendo a falsa empresa.

Sendo assim, o grupo está sendo investigada pelos crimes de estelionato e associação criminosa. A pena por cada crime de estelionato é de 1 a 5 anos de prisão e a pena do crime de associação criminosa é de 1 a 3 anos de prisão.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.