Leandro Grass e a esperança de ir ao segundo turno

Leandro Grass e a esperança de ir ao segundo turno

Amanda Karolyne
redacao@grupojbr.com

O candidato ao governo do Distrito Federal, Leandro Grass, da Federação Brasil da Esperança ao governo do Distrito Federal (PT, PV e PCdoB), foi votar na Escola Classe 06, no Guará II. Ele estava acompanhado da vice Olgamir Amancia, e Rosilene Corrêa que concorre ao Senado.

Leandro demonstrou muita animação pelo trabalho que ele e a bancada da Federação têm feito ao longo da campanha. “Fizemos uma campanha propositiva, mas ao mesmo tempo mostrando para a população o que esse governo representa. O que nós consideramos o pior governo na história do DF. Estamos animados para ir ao segundo turno, para derrotarmos Ibaneis”, afirmou.

Com a expectativa do aguardado segundo turno, Leandro Grass pretende se reunir a partir de amanhã, com todos os candidatos que não são da base do Ibaneis Rocha (MDB). “Para que possamos construir uma grande frente, uma grande união em torno de Brasília”. Leandro quer mostrar para a população a diferença do projeto da Federação Brasil da Esperança, para o projeto de Ibaneis. “Nosso projeto de governo foi construído ao longo de um ano. Nossa campanha foi feita junto a população, e não apenas com grandes empresários, como o Ibaneis fez”, frisou.

Leandro destacou que o projeto dele é conectado com o povo de Brasília, para resolver os problemas de saúde e a crise humanitária na fila do Centro de Referência de Assistência Social (Cras). “Na educação pública que vive o seu pior momento. Então a gente está com muita esperança, sim, de que o segundo turno aconteça. E a população vai poder perceber a diferença entre ele e o nosso projeto”. Ele acredita ter feito uma campanha muito bonita, de muito diálogo e acolhimento com os brasilienses. “Não respondemos aos ataques e ao ódio. Fizemos sim um contraponto, para mostrar todos os problemas, as irregularidades, as crises e as graves denúncias que pairam sobre o governo do Ibaneis”, salientou. Por outro lado, ele apontou que apresentou propostas, e que tem condições de apresentar um grande programa que é o mesmo defendido por Lula. “Um programa de combate à fome, de combate às desigualdades, de enfrentamento da pobreza”, citou.

Por isso, o candidato também destacou que está esperançoso pela vitória de Lula ainda no primeiro turno. Assim como espera que Rosilene vença a disputa para o Senado, e as bancadas na Câmara Federal e na Câmara Legislativa.

Grass aguardou mais de uma hora, na fila para votar. Enquanto esperava, cumprimentou os eleitores que passavam por ele. Também estavam com o candidato, a mãe Fátima Grass, e a esposa de Leandro, Marcela Sá. Ele afirmou que respeita quem estava na fila a mais tempo, por isso aguardou, sem a prioridade que podia ter. “E até pelo início de tumulto que foi provocado aqui por alguns fanáticos. E de alguma maneira, tentaram nos constranger para que não exercessem o direito ao voto, mas isso é menor diante daquilo que nós temos pela frente, que é tirar Brasília dessa tragédia”, finalizou.

O post Leandro Grass e a esperança de ir ao segundo turno apareceu primeiro em Jornal de Brasília.

Generated by Feedzy