Pesquisar
Close this search box.

Mais de 360 estudantes participaram de conferências regionais da juventude

Os jovens de oito escolas da rede pública de ensino médio de diferentes regiões

Os jovens de oito escolas da rede pública de ensino médio de diferentes regiões administrativas do DF participaram ativamente das conferências regionais da juventude, em que puderam apresentar propostas e soluções que irão pautar os rumos das políticas públicas voltadas para essa população de 15 a 29 anos de idade.

A iniciativa da Secretaria da Família e Juventude do Distrito Federal (SEFJ-DF) visa estimular a contribuição dos jovens nas pautas que impactam diretamente a vida deles e que serão tratadas em âmbito nacional durante a 4ª Conferência Nacional de Juventude, com o tema Reconstruir no Presente, Construir o Futuro: Desenvolvimento, Direitos, Participação e Bem Viver, de 14 a 17 de dezembro, em Brasília. A Secretaria Nacional de Juventude irá avaliar as contribuições e poderá adotar as medidas pertinentes para a implementação das propostas aprovadas.

Durante os encontros, os 361 estudantes apontaram soluções para 12 eixos temáticos: participação e engajamento cívico; educação de qualidade; desemprego e empregabilidade; saúde mental e bem-estar; acesso à cultura e lazer; participação política e representatividade; violência e segurança; acesso à informação e tecnologia; igualdade e inclusão; meio ambiente e sustentabilidade; acesso à moradia e mobilidade; e enfrentamento da pandemia e seus impactos.

Ao todo, 83 propostas foram apontadas pelos participantes que também escolheram 58 delegados regionais. Os representantes darão continuidade às discussões na Conferência Distrital da Juventude com data ainda a ser divulgada pela SEFJ-DF. A lista com os nomes dos delegados escolhidos pelos jovens está disponível para consulta.

A aproximação dos jovens aos temas relevantes à comunidade foi um ponto importante na opinião do estudante do Centro de Ensino Médio 04 de Sobradinho II, Kerllon dos Santos, 16 anos. O rapaz participou pela primeira vez de uma reunião com um órgão público para falar dos desafios que ele e as pessoas da idade dele enfrentam.

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.