Download Free FREE High-quality Joomla! Designs • Premium Joomla 3 Templates BIGtheme.net

Mais de mil pessoas e de 600 cachorros vão à Cãominhada no Parque da Cidade

A 6ª edição do evento acontece no estacionamento 11 do Parque da Cidade e tem o tema “arraiAU”

Na manhã deste domingo, mais de mil pessoas e de 600 cachorros se encontraram no estacionamento 11 do Parque da Cidade para a 6ª edição da Cãominhada Solidária. Realizado duas vezes por ano, o evento arrecada ração para animais resgatados por organizações não governamentais que se propõem a cuidar deles e encontrar lares seguros para os bichos. Organizado por Clara Shiratori, o evento deste domingo é um “arraiAU” e conta com pescaria e jogo de argolas. As crianças brincam, mas os prêmios são para os pets delas. Ainda não se contabilizou quantos quilos de ração foram doados.

Vera Franco, 40, designer, e Aloizio Alvarenga, 68, bancário, acompanharam a primeira edição da Cãominhada pela internet. O Joca Guerreiro, de cerca de 6 anos, estava presente. Ele havia sido encontradi em São Sebastião com um corte no pescoço. Uma campanha pedia dinheiro para o tratamento dele, que passava de R$ 7 mil. Começaram a ajudar financeiramente e se apegaram a ele, mesmo de longe.
Seis meses depois, o casal se mudou para Brasília. Joca já estava bem, mas ainda não tinha sido adotado. Os dois não hesitaram e o pet entrou para a família. Desde então, não perdem nem uma Cãominhada sequer. Acabaram adotando também Salomé. “O Joca ficava muito sozinho, mas, ao mesmo tempo, também não gostava de outros cachorros. Foi bom para a socialização dele”, conta Vera.
Em uma pequena feira, havia food-trucks e barracas vendendo produtos para pets. Entre eles, a da Pet’s Food, de alimentação natural para cachorros. Tudo é cozido, sem tempero, conservantes ou corantes. “Se procuramos uma alimentação mais saudável para nós, também devemos procurar para os nossos animais de estimação. Alimentos industrializados não podem ser o melhor para eles”, explica Juvenal Junior, um dos donos da empresa.
Além dos habitués da Cãominhada, como Vera e Aloízio, muita gente foi pela primeira vez. É o caso de Talita Rangel e Mauro Mendes, ambos de 27 anos e militares. Eles levaram a poodle Luna, 1 ano. Namorados, moravam no Rio separados e começaram a morar juntos aqui em Brasília. Luna é a primeira cadela que o casal compartilha. Compraram o kit da caminhada por R$ 25 e 1 kg de ração e trataram de colocar a bandana do evento na pet. “Nós sempre trazemos ela ao Parque. Moramos aqui perto, então é fácil. E em apartamento, então, é bom pra ela ter mais espaço”, explica Talita

PUBLICIDADE

COMENTE

A responsabilidade do comentário é do autor da mensagem e não representa a opinião do Portal Agita Brasília.