Mecânico francês do Dacar-2022 morre em acidente

O mecânico francês Quentin Lavallée, de 20 anos, morreu em um acidente em meio ao Rali Dacar-2022 na Arábia Saudita – anunciaram os organizadores em um comunicado divulgado nesta sexta-feira (14).

“Seu passageiro, Maxime Frère, de nacionalidade belga, ficou ferido e foi levado consciente para o National Guards Hospital, de Jidá”, na Arábia Saudita, acrescenta a nota.

O mecânico da equipe francesa PH Sport morreu a algumas horas do final da prova, na 12ª e última etapa do lendário rali.

Segundo um comunicado transmitido pelo organizador ASO, um “caminhão local” estava envolvido no acidente.

Essa morte acontece no último dia de uma edição que não registrou acidentes graves durante a corrida.

Embora tenha ocorrido fora do evento esportivo, uma explosão em um veículo, em 30 de dezembro em Jidá, feriu gravemente o piloto francês Philippe Boutron, de 61 anos. Ele foi repatriado, após ser submetido a uma cirurgia na Arábia Saudita.

A Justiça francesa abriu uma investigação por “tentativa de assassinato relacionada a um projeto terrorista”.

*Agencia France Press

O post Mecânico francês do Dacar-2022 morre em acidente apareceu primeiro em Jornal de Brasília.