Natal no Cerrado celebra meio ambiente no DF

O Governo do Distrito Federal, por meio do Instituto Brasília Ambiental e da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), promove, nesta sexta-feira (3), às 9h, a abertura do Natal no Cerrado 2021, no Parque Ecológico Sucupira, em Planaltina. A ação natalina de conscientização ambiental acontecerá até 6 de janeiro de 2022, simultaneamente, na unidade de Sucupira e no Parque Ecológico do Riacho Fundo.

As fotografias do concurso Eu Amo Cerrado, promovido na Semana do Cerrado 2021, também poderão ser apreciadas pelos visitantes | Foto: Divulgação/Brasília Ambiental
“Essas exposições são fruto de uma parceria entre o Brasília Ambiental, Sema e CitiNova e foram pensadas para incentivar um olhar mais amoroso para as belezas que nos cercam, compondo as unidades que integram o Projeto Parque Educador”
Marcus Paredes, chefe da Educ

Nesta edição serão disponibilizados novos painéis da exposição “Natureza é…”, que realça a beleza do cerrado com frases inspiradoras. Com ajuda de QR Code, os frequentadores das UC’s poderão ouvir o som dos animais representados durante a experiência, que contará também com banners e publicações sobre a importância do bioma e sua preservação.

As fotografias do concurso Eu Amo Cerrado, promovido na Semana do Cerrado 2021, também poderão ser apreciadas pelos visitantes. “Essas exposições são fruto de uma parceria entre o Brasília Ambiental, Sema e CitiNova e foram pensadas para incentivar um olhar mais amoroso para as belezas que nos cercam, compondo as unidades que integram o Projeto Parque Educador”, aponta Paredes.

Riacho Fundo

E por falar em Parque Educador, o Parque Ecológico do Riacho Fundo, que integra o projeto, receberá no dia 7 de dezembro, a partir das 9h, exposições em continuidade às atividades realizadas na inauguração do Natal no Cerrado. O evento terá a presença de alunos da Escola Classe 2 do Riacho Fundo, que participaram do programa em 2021.

Os visitantes interessados poderão ainda contribuir com a recuperação do cerrado na ação “Muvuca de Sementes”, onde serão realizados plantios com sementes de plantas nativas em locais específicos das duas unidades de conservação.

*Com informações do Brasília Ambiental