Download Free FREE High-quality Joomla! Designs • Premium Joomla 3 Templates BIGtheme.net

Nível do Descoberto volta a cair mesmo após semana intensa de chuvas no DF

Atualmente, está em 6,5%. O maior alta foi de 6,9% na segunda-feira (13/11)

Após sete dias de aumento no índice da Barragem do Descoberto, a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF (Adasa) voltou a registrar queda do volume do reservatório nesta quarta-feira (15/11). Atualmente, está em 6,5%. O maior alta durante este período foi de 6,9% na última segunda-feira (13/11).

No reservatório de Santa Maria, também houve registro de diminuição no nível e, na tarde desta quarta-feira (15/11), encontra-se em 22,7%. O reservatório chegou a acumular 23% nesta semana.

As fortes chuvas nos últimos dias contribuíram para o aumento dos reservatórios do Distrito Federal. Mas, desde o início da semana elas deram uma amenizada e o calor voltou aparecer. De acordo com Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) a previsão é de que nesta quarta-feira a chuva volte aparecer com mais intensidade em áreas isoladas. “O sol deve aparecer em algumas horas do dia, mas o céu nublado deve predominar. As pancadas devem ocorrer no fim da tarde e durante a noite”, afirmou a meteorologista Maria das Dores de Azevedo. Segundo ela, o tempo deve permanecer desta forma até o fim de semana, mas as precipitações mais fortes devem ocorrem a partir de domingo (19/11).

Reprodução/Adasa

 

Crise

O primeiro sinal da gravidade da crise hídrica que atinge o DF veio em novembro do ano passado, quando a Adasa emitiu uma resolução permitindo que a Caesb iniciasse um plano de racionamento de 24 horas que poderia ser aumentado, progressivamente, caso ocorresse agravamento na situação de escassez de água dos reservatórios.

Em 16 de janeiro, o rodízio de abastecimento de água foi instaurado e, em um primeiro momento, atingiu apenas regiões abastecidas pelo Descoberto, como Taguatinga, Ceilândia, Samambaia e Gama. Com quedas contínuas no nível do reservatório de Santa Maria, em 27 de fevereiro, as áreas abastecidas pela bacia, como Plano Piloto, Lago Sul, Cruzeiro e Sudoeste, também entraram no esquema.

PUBLICIDADE

COMENTE

A responsabilidade do comentário é do autor da mensagem e não representa a opinião do Portal Agita Brasília.