Pesquisar
Close this search box.

Nova base de monitoramento da qualidade ar é inaugurada na Estrutural

A declaração do presidente do Instituto Brasília Ambiental, Rôney Nemer, foi feita na manhã


A declaração do presidente do Instituto Brasília Ambiental, Rôney Nemer, foi feita na manhã desta segunda-feira (27), durante a inauguração da nova base

“A instalação dessa base de monitoramento da qualidade do ar e meteorológica mostra que o Brasília Ambiental trabalha em todas as regiões administrativas e com várias parcerias, focado na melhoria da qualidade de vida de toda a população do Distrito Federal.” A declaração do presidente do Instituto Brasília Ambiental, Rôney Nemer, foi feita na manhã desta segunda-feira (27), durante a inauguração da nova base, localizada no Instituto Federal de Brasília (IFB) da Estrutural.

Nemer destacou que a base de monitoramento da qualidade de era é um equipamento público muito importante para a educação e também para a autoestima de todos os moradores locais. “Eles se sentem visibilizados, porque estão sendo enxergados e percebem a possibilidade de mudar as suas realidades e a realidades de sua cidade. É o reconhecimento do Brasília Ambiental com uma RA tão importante que é a Estrutural”, completou.

A professora do curso técnico de meio ambiente do IFB, Yeda dos Santos Silva Cabral, ressaltou a importância da iniciativa. “Vemos como primordial a instalação desse equipamento para que nossos alunos possam fazer a prática do que eles aprendem na teoria. Temos disciplinas que envolvem diretamente hidrologia e poluição ambiental. Essa prática será um diferencial na formação dos nossos alunos.”

Pesquisa

O diretor-geral do IFB Estrutural, Giano Luís Copetti, também enfatizou o que a importância da nova ferramenta para a pesquisa. “Uma vez que este equipamento está instalado no nosso campus conseguiremos extrair dados e, assim, podemos fazer pesquisa, fazer uma melhor capacitação dos nossos estudantes do curso de meio ambiente. E fazer nosso terceiro ‘pé’ de trabalho que é a extensão, produzindo tecnologia para a comunidade da Estrutural. Agradecemos muito ao Instituto Brasília Ambiental por esta oportunidade.”

O administrador da Estrutural, Alceu Prestes, agradeceu aos institutos envolvidos por terem tido a sensibilidade de levar a base de medição de qualidade de ar para a Estrutural. “É uma cidade onde temos problemas seríssimos relacionados à qualidade de ar, mesmo com o fim do lixão. Nunca tivemos acompanhamento da qualidade do ar local, e agora poderemos ter. Agradecemos muito ao Brasília Ambiental e ao IFB”, ressaltou.

O analista de atividades do meio ambiente, responsável pela rede de monitoramento fixo da qualidade de ar no Instituto, Luís Gustavo Alves Peres, explicou que a Estrutural foi escolhida por ser uma região muito populosa e por não haver nenhum equipamento de monitoramento da qualidade do ar naquela localidade ou regiões vizinhas. “Foram ainda levados em consideração outros fatores técnicos que podem impactar a concentração de material particulado inalável (PM10), como, por exemplo, proximidade com rodovias de grande circulação de veículos.”

Luis Gustavo ressaltou, ainda, que, com a instalação do equipamento na Estrutural será possível para o Brasília Ambiental criar uma série histórica com dados da concentração PM10 naquela região, e avaliar o comportamento desses resultados ao longo do ano, sobretudo nos meses mais críticos.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O suporte instalado na Estrutural foi uma realocação de um equipamento que estava instalado na Escola Classe Lobeiral, localizada na Fercal, que será substituída, em breve, por uma estação automática de qualidade do ar.

Com esse ponto de monitoramento da qualidade de ar o DF passa a contar com seis bases:

• Fercal Escola – Queima Lençol – Será instalado um equipamento automático que irá monitorar material particulado (PM2,5 e PM10);

• Fercal (DF150) – Será instalado um equipamento automático completo próximo, por esse motivo o equipamento atual será realocado em outra região (a definir);


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

• Rodoviária do Plano Piloto – Equipamento manual que monitora material particulado (PM10);

• Zoológico de Brasília – Equipamento manual que monitora material particulado (PM10);

• IFB Campus Samambaia – Equipamento manual que monitora material particulado (PM10);

• IFB Campus Estrutural – Equipamento manual que monitora material particulado (PM10).


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

*Com informações da Agência Brasília



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.