Pesquisar
Close this search box.

PCDF desarticula tráfico de drogas em distribuidora em Samambaia

A equipe da Seção de Repressão às Drogas (SRD) da 26ª Delegacia de Polícia


A equipe da Seção de Repressão às Drogas (SRD) da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia) realizou o fechamento de uma distribuidora de bebidas sob domínio de traficantes na Quadra 209.

A investigação revelou que o estabelecimento, conhecido como “bodega”, estava equipado com câmeras de alta resolução, o que tornava desafiador o monitoramento por parte da polícia. No entanto, as apurações indicaram que o local era frequentado por usuários de drogas.

Dois indivíduos, um de 20 anos e outro de 18, que trabalhavam no estabelecimento, foram identificados como responsáveis pela venda de cocaína. Conforme as informações obtidas pelos investigadores, os compradores tinham o costume de adquirir a substância entorpecente na distribuidora.

Após observar diversas transações, os policiais conseguiram abordar alguns compradores, todos os quais confirmaram ter adquirido cocaína na referida distribuidora de bebidas. Com base nessas capturas, a equipe policial dirigiu-se ao comércio para efetuar a prisão da dupla envolvida nas vendas.

Ao chegarem, os policiais ouviram ruídos de descarga, motivando-os a arrombar a entrada do estabelecimento. Entretanto, depararam-se com grades reforçadas com quatro trancas, o que dificultou a entrada. Após vencerem esse obstáculo, constataram que os investigados estavam no banheiro, onde foram encontrados diversos baldes de água utilizados para facilitar o descarte das drogas pelo vaso sanitário.

Foram encontradas máquinas de cartão, balança de precisão, celulares, cadernos com anotações típicas do tráfico de drogas e todo um sistema de monitoramento por câmeras.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.