Pesquisar
Close this search box.

PCDF e Receita Federal desarticula tráfico de drogas

Uma operação conjunta entre a Coordenação de Repressão às Drogas (Cord) da Polícia Civil


Uma operação conjunta entre a Coordenação de Repressão às Drogas (Cord) da Polícia Civil do Distrito Federal e a Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho (Direp) da Receita Federal do Brasil resultou na apreensão de aproximadamente oito quilos de substâncias entorpecentes, identificadas como cocaína e crack.

A ação policial foi desencadeada após a Direp/RFB detectar uma encomenda em trânsito por ônibus, suspeita de conter uma considerável quantidade de entorpecentes. Diante dessa informação, a Cord/PCDF foi acionada para conduzir as investigações.

Os policiais civis da Cord realizaram uma rápida operação de investigação, identificando o destinatário da substância entorpecente. Eles estabeleceram pontos de observação nas proximidades da rodoviária estadual de Brasília, onde a mercadoria seria retirada.

Durante a ação, os policiais observaram um indivíduo comparecer ao guichê da transportadora, assinar um recibo e retirar uma grande caixa. O suspeito foi abordado pelos policiais ao sair do local e conduzido à Cord para as devidas providências.

Ao abrir a caixa na Coordenação, os policiais encontraram, no interior de sacos do tipo “zip lock”, uma quantidade significativa de cocaína e crack. Nesse momento, o homem foi preso em flagrante delito.

A origem da encomenda foi identificada como a capital do Acre, Rio Branco, e, segundo o indivíduo detido, a droga seria destinada à região do entorno do Distrito Federal.

Rogério Rezende, coordenador da Cord, destaca a relevância da ação: “A droga apreendida nessa operação, após ser manipulada pelos traficantes, poderia render até mais de 20 quilos de cocaína, uma quantidade que teria um valor de mercado entre R$ 700 mil e R$ 1 milhão.”


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.