Pesquisar
Close this search box.

PM é preso após mostrar partes íntimas para adolescente

Decisão do juiz da Vara Criminal e do Tribunal do Júri do Riacho Fundo


Decisão do juiz da Vara Criminal e do Tribunal do Júri do Riacho Fundo determinou que o PM mantenha distância de 20 metros da vítima e do pai dela

Um policial militar foi preso, no último dia 14, após mostrar as partes íntimas a uma adolescente de 15 anos, no Riacho Fundo. Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), ele será acusado pelos crimes de lesão corporal e importunação sexual.

O militar, identificado como Marcelo Braga de Oliveira, foi liberado no dia seguinte a prisão e deve responder em liberdade. Decisão do juiz da Vara Criminal e do Tribunal do Júri do Riacho Fundo determinou que o PM mantenha distância de 20 metros da vítima e do pai dela.

Segundo a Polícia Militar do DF (PMDF), o caso foi encaminhado para a Corregedoria da corporação e está sendo investigado. “A PMDF reafirma a política de não tolerância a qualquer forma de abuso e desvio de conduta, assegurando que cada caso é tratado com a máxima seriedade e de acordo com os princípios do controle, legalidade e responsabilidade.”

Confira a nota na íntegra:

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) reitera, de forma veemente, seu compromisso com a ética, a transparência e a justiça diante de quaisquer desvios de conduta que possam ocorrer entre seus integrantes. A Corporação, em contrapartida e imbuída do dever de melhor servir, cumpre todos os requisitos legais para a minuciosa e imparcial apuração dos fatos, nunca tendo se furtado ao dever de aplicar as sanções previstas em lei e específicas a cada caso.

No que se refere ao incidente ocorrido, a PMDF age com a máxima celeridade e eficiência. Assim que tomamos conhecimento do fato, todas as providências cabíveis foram imediatamente adotadas.

A PMDF zela pela ética e pelo bom comportamento de seus integrantes, não coaduna com desvios de conduta. Todos os fatos e denúncias são devidamente apurados e encaminhados em estrita conformidade com a lei, demonstrando nossa determinação em manter a ordem e a justiça.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por fim, reiteramos que atitudes específicas de integrantes não podem ser confundidas com a Corporação que tanto se esforça para o bem da sociedade.

A PMDF reafirma a política de não tolerância a qualquer forma de abuso e desvio de conduta, assegurando que cada caso é tratado com a máxima seriedade e de acordo com os princípios do controle, legalidade e responsabilidade.

Como consequência, o fato foi registrado pela Corregedoria, que promoverá meticuloso trabalho de apuração, sempre observando os procedimentos legais cabíveis e assegurando a justiça e a legalidade em cada etapa.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.