Download Free FREE High-quality Joomla! Designs • Premium Joomla 3 Templates BIGtheme.net

POMB apresenta nova exposição em Brasília

Grafiteiro e designer que estampa sua marca pela cidade levanta debate sobre sustentabilidade em nova exposição individual

Foto DivulgaçãoDepois de apresentar a exposição individual Apoteose em 2014 e participar de outras duas coletivas em Goiânia e São Paulo neste ano, o jovem artista brasiliense Thales Fernando, conhecido como POMB, apresenta sua segunda individual em Brasília entre os dias 08 e 30 de junho. À convite do SESC, o artista preparou a mostra Sobre o infinito e outras coisas, uma reflexão sobre sustentabilidade e relações interpessoais na pós-modernidade. Ocupando a galeria da Estação SESC 904 Sul, a mostra pode ser conferida de segunda à sexta, das 08 às 19 horas, com entrada franca.

O trabalho de grafite de POMB pode ser facilmente reconhecido pelas ruas da cidade. Defensor e grande representante da street art na capital, o jovem artista tem levado cada dia mais seu trabalho às galerias e experimentando novos suportes artísticos. Sobre o infinito e outras coisas reúne 20 peças criadas sobre madeira reciclada, com técnicas de acrílico, spray, pastel seco, colagem, resina e marcador.

Na mostra, POMB explora imageticamente a ideia de infinito em seus mais diversos significados. As obras propõem uma reflexão sobre o que é intangível e discute as representações de espaço-tempo na cultura ocidental e em outras culturas. Este conceito de infinito é pensado a partir da ausência de início e fim, propondo a união de estados físico e espiritual, de nascimento e morte, e dos universos lúdico e utópico.

As relações interpessoais da pós-modernidade são discutidas por meio das figuras de animais, que segundo o artista, apresentam um “código de sentimentos” que é próprio de cada espécie. O debate sobre sustentabilidade, também, é marca forte nos trabalhos apresentados. Para POMB, a madeira se apresenta como suporte interessante por ter características que remetem à vida: encolhe, dilata e acumula rachaduras que interferem diretamente na obra.

Foto DivulgaçãoNenhuma das obras tem título e, dentre elas, destacam-se as séries de personagens criados sobre três grandes pedaços de tronco de castanheira e outros pequenos de goiabeira. Os desenhos imprimem personagens fechados em si, pessoas engarrafadas e vilãs de bens naturais. Em outras placas de madeira reciclada, POMB experimenta o trabalho com padrões que remetem a carimbos e estamparias. Uma série de oito peças que debatem os caminhos entre vida e morte provoca uma humanização de seres em um ecossistema natural. O artista segue, ainda, trabalhando com colagens vindas de enciclopédias encontradas no lixo.

SOBRE POMB

Aos 26 anos, Thales Fernando – POMB – é um artista-grafiteiro e ilustrador autodidata. Sua primeira incursão no grafite foi em 2002 e esse segue como seu principal meio de expressão, com intervenções espalhadas por cidades brasileiras, além de Buenos Aires e Barcelona. O artista trabalha, também, com as técnicas de grafite, pintura, gravura e escultura. Em 2014, realizou sua primeira exposição internacional, com pinturas em tela, na cidade de Barcelona, além da individual Apoteose, em Brasília. Em abril de 2015, o artista participou de coletiva de grafite em Goiânia, na Galeria UPoint, e em maio, abriu exposição ao lado de Alexandre Orion (SP) e outros convidados brasilienses, na galeria paulistana Luis Maluf.

Serviço – Exposição Sobre o infinito e outras coisas
Abertura: 08 de junho de 2015, às 19 horas
Visitação: 08 a 30 de junho de 2015
Horário: de segunda a sexta, das 8 às 19 horas
Local: SESC Estação 504 Sul (W3 Sul, Quadra 504/505, Bloco A, Brasília/DF)
Classificação indicativa: Livre
Entrada franca
Informações: (61) 3217-9101

PUBLICIDADE

COMENTE

A responsabilidade do comentário é do autor da mensagem e não representa a opinião do Portal Agita Brasília.