Pontos públicos de recarga de veículos elétricos serão reativados no DF

Brasília é a segunda cidade do Brasil que mais emplacou veículos leves eletrificados no

Brasília é a segunda cidade do Brasil que mais emplacou veículos leves eletrificados no primeiro semestre de 2023, ficando atrás apenas de São Paulo e superando capitais como Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba. Foram 2.008 emplacamentos no período, segundo os dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE).

Com o objetivo de estimular ainda mais a eletromobilidade no Distrito Federal, o governo firmou um novo acordo de cooperação técnica com a Agência Brasileira do Desenvolvimento Industrial (ABDI). Entre as atribuições está a reativação dos postos públicos de recarga de veículos elétricos que foram instalados em prédios públicos do DF em 2019, quando a cidade recebeu o projeto-piloto VEM DF que disponibilizou veículos elétricos e eletropostos para servidores do GDF pré-cadastrados.

Ao todo, são 35 equipamentos espalhados pela cidade (veja abaixo). Serão religados os que estavam desativados – apenas 12 não estavam em funcionamento – e outros serão realocados para áreas com maior demanda. A utilização dos carregadores será gratuita e disponível para toda a população.

“Já tínhamos esses pontos existentes. Alguns estavam em pleno funcionamento, mas estamos religando todos eles e vamos fazer um mapa de calor para verificar quais são mais utilizados e quais são os menos para realocar para onde há maior demanda. Nossa intenção é ampliar a oferta e permitir que a população fique estimulada a adquirir mais veículos elétricos e híbridos”, afirma o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gustavo Amaral.

Segundo o gerente de Novos Negócios da ABDI, Tiago Faierstein, a intenção é melhorar a infraestrutura do carregamento criada no programa VEM DF. “Isso está sendo realizado aos poucos, com a manutenção e a reativação dos eletropostos. Agora estamos fechando um acordo com a iniciativa privada para que, entre os 35 eletropostos do DF hoje, alguns sejam remanejados para locais de melhor circulação”, explica.

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.