Por dentro do Mezanino, gastrobar que abriu as portas na Torre de TV

A Torre de TV é um ícone da capital. Localizada no coração da cidade, ela já abrigou diversos eventos e operações gastronômicas itinerantes. Agora, o ponto será palco de mais um projeto: o Mezanino. Capitaneado por Rafael Godoy, João Maione, Rodrigo Amaral, Bruno Barra, Ivan Hauer, Bhaskar, Bruno Barbosa e Lucas Batista, o gastrobar tem visão 360º da cidade e abriu as portas para o público no último sábado (20/11).

Contando com um café e bar, o Mezanino da Torre funcionará o dia inteiro e promete experiência sensoriais. O menu foi feito pelos chef Marcos Nery e Matheus Brito, conhecidos pelo comando da cozinha do Lóca Cozinha Intuitiva em Pipa, no Rio Grande do Norte.

“Eu e Matheus fomos convidados para fazer esse cardápio e foi um grande prazer. A ideia é trazer algo de fora, diferente do que tem em Brasília, com a proposta de resgatar ingredientes que foram deixados de lado na gastronomia e promover uma harmonização com sabores inusitados e saborosos”, contou Marcos, em entrevista exclusiva ao Metrópoles.

Para o café da manhã, servido das 9h30 às 11h, vale destacar o Pão Pretzel (R$ 7), o Brioche (R$ 6) e o Croissant (R$ 13), feito em parceria com a Castália. Para acompanhar, Copa lombo defumada (R$ 9) e Bacon artesanal (R$ 7), vindos diretamente da cozinha de Leo Hamu. Outra boa pedida para complementar é a Guacamole (R$ 5) e a Ricota da casa (R$ 5).

Os chefs vieram do Rio Grande do Norte para fazer parte do projeto na capital

Para beber, o Café com pudim (R$ 12), servido com creme de pudim ao invés do tradicional leite. Os doces ficaram por conta do Devil’s Cake (R$ 22); ainda a Torta de Castanha de Caju (R$ 24), servida com creme de nata de goiaba e gelato de leite; e o Pain Perdu (R$ 22), que é um brioche caramelizado, frutas vermelhas, creme de requeijão de corte, sorvete de tapioca e pralineé de barú.

Quem preferir curtir a noite no local dispõe de um menu completo, com entrada, pratos principais e sobremesas. Para começar, Croqueta de língua e tartar de camarão (R$ 36), servida com maionese de cebola caramelizada com cenoura; Ceviche de peixe branco com cajú com patola de caranguejo (R$ 39), servido com chips de banana da terra; e o Steak tartar (R$ 42), feito com vôngoles ao vinho branco, tripa crispy e crackers de biju.


0

Entre os principais, Ravióli de peru (R$ 63), que leva massa fresca de milho, crudo de camarão, creme de queijo meia cura com champagne e gastrique de frutas vermelhas da estação; Cupim 6 horas (R$ 79), servido na manteiga de garrafa, com pirão de queijo, farofa de castanha de caju, chips e vinagrete de banana da terra; e Fideuá terra e Mar (R$ 69), com camarão, coração de galinha e bacon.

Nas sobremesas, Bolo de rolo (R$ 38), servido com sorvete de pinha, calda quente de goiabada e crocante de parmesão; La lechera (R$ 37), com suspiro de leite, mousse de iogurte, doce de leite, pé de moça, biscoito de nata com limão siciliano e queijo do reino; e Quindim & Quindim (R$ 35), com creme de quindim com baunilha, casquinha de côco, tuille de fio de ovos e redução de maracujá.

Durante todo o projeto, eles ficarão divididos entre Pipa e Brasília. “Vamos passar metade do mês aqui e metade lá. Não vamos deixar nenhuma das cozinhas desassistidas”, reforça o chef, que indicou ainda ter outros planos para a cidade. “Esse projeto é a porta de entrada da gente aqui na capital do país”, finaliza Marcos.


0

Os brindes

A carta de bar, assinada pelo mixologista Gustavo Guedes, conta com clássicos, releituras e coquetéis exclusivos. Vale pedir o Capital Mule (R$ 31), feito com vodca Stanislav, maracujá, gengibre, mostarda Dijon, limão e espuma de cupuaçu com wasabi; o Monumental (R$ 33), que leva espumante Brut, St. Germain, licor de lúpulo, xarope de manjericão e club soda; e o Da Torre (R$ 37), com vodca Pravda, cordial de framboesa com cassis, pimentão vermelho, limão siciliano, água tônica e espuma de gengibre. “É uma carta democrática, para todos os públicos”, garante Guedes.

A decoração é da dupla de arquitetas Tainá Martins e Tina Canarim. O projeto do espaço conta com pontos instagramáveis e conversa tanto com o bar, quando com o café, e também com a galeria de arte chamada Galeria Nós.

Mezanino

Eixo Monumental, Torre de TV. Quarta e quinta, das 9h às 00h. Sexta, das 9h às 2h. Sábado, das 20h às 2h. Domingo, das 9h às 00h. 

O post Por dentro do Mezanino, gastrobar que abriu as portas na Torre de TV apareceu primeiro em Metrópoles.