Pesquisar
Close this search box.

Prazo para inscrição em estágio na Defensoria Pública é prorrogado

A ‌Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) prorrogou o prazo de inscrição para a


A ‌Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) prorrogou o prazo de inscrição para a seleção de estagiários de direito da instituição. Os interessados em participar do processo seletivo podem se inscrever até terça-feira (2/7), mesmo período em que as provas estarão disponíveis para a resolução. A DPDF oferta 120 vagas, sendo 100 para estudantes de graduação e 20 de pós-graduação, além da formação de cadastro de reserva em ambos os níveis de ensino.

Todo o processo será conduzido por meio do site da Super Estágios. Estudantes de graduação devem cursar do 6º ao 8º semestres do curso de direito na data da convocação. Os estagiários que serão lotados na Central de Relacionamento com os Cidadãos (CRC) devem estar matriculados nos períodos compreendidos entre o 3º e o 8º semestres. Para pós-graduação, é permitida a participação de alunos a partir do 1º semestre.

A DPDF oferta 120 vagas de estágio, sendo 100 para estudantes de graduação e 20 de pós-graduação | Foto: Divulgação/ DPDF

O valor da bolsa é de R$ 900, para estudantes de graduação, e R$ 1.200, para pós-graduação. O auxílio-transporte é de R$ 11 por dia de trabalho presencial para ambos os níveis de ensino. Os estagiários serão contratados para uma jornada de 25 horas semanais, o que corresponde a 5 horas diárias.

Para o defensor público-geral, Celestino Chupel, a prorrogação do prazo de inscrição para a seleção de estagiários de direito é positiva tanto para a instituição quanto para os candidatos interessados.

“A iniciativa permite que um número maior de estudantes tenha a chance de se candidatar, garante que estudantes de diferentes contextos socioeconômicos tenham a oportunidade de participar, promovendo mais diversidade e inclusão dentro da instituição e fortalecendo a instituição, além de garantir que a DPDF continue a atrair e formar os melhores talentos que irão contribuir para a defesa dos direitos e a promoção da justiça social”, explicou.

Provas

As provas serão online e terão 30 questões, distribuídas da seguinte forma: oito de língua portuguesa e 22 de conhecimentos específicos, sendo seis de Direito Constitucional, oito de Direito Civil e Processo Civil e oito de Direito Penal e Processo Penal. A aprovação no processo seletivo está condicionada à pontuação mínima de 50% na prova objetiva.

A previsão é que o resultado preliminar seja divulgado em 26 de julho. A classificação definitiva será publicada em 9 de agosto.

*Com informações da DPDF



Fonte: Agencia Brasília

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.
Pesquisar
Close this search box.

BUSCAR

MENU