Pesquisar
Close this search box.

Recém-inaugurado, viaduto do Sudoeste é interditado após apresentar rachaduras

De acordo com o GDF, os reparos só deverão ser feitos quando passar o


De acordo com o GDF, os reparos só deverão ser feitos quando passar o período de fortes chuvas na capital federal

Inaugurado no dia 21 de outubro, depois de dois anos e quatro meses de obras, o viaduto do Sudoeste era muito esperado pela população, já que passam aproximadamente 25 mil motoristas diariamente pelo local.

Porém, pouco mais de dois meses depois de inaugurado, o viaduto já apresentou rachaduras, e o Governo do Distrito Federal (GDF) já notificou o consórcio responsável pela obra para que os reparos sejam feitos, e optou por sinalizar o local e interditar os trechos danificados.

O Viaduto Luiz Carlos Botelho custou R$ 24,6 milhões, e a obra foi de responsabilidade do consórcio formado pelas empresas Eterc Engenharia e Principal Construções.

De acordo com o GDF, os reparos só deverão ser feitos quando passar o período de fortes chuvas na capital federal. Governadora em exercício, Celina Leão (PP) disse que as rachaduras causam “estranheza”, mas que não há um dano estrutural.



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.