Pesquisar
Close this search box.

Restaurantes Comunitários aceitarão pagamento por Pix

O DF possui 16 restaurantes comunitários, com almoço custando R$ 1. Alguns deles também


O DF possui 16 restaurantes comunitários, com almoço custando R$ 1. Alguns deles também servem café da manhã e janta

A partir de fevereiro, os 16 restaurantes comunitários do Distrito Federal passarão a aceitar o pagamento via Pix. A regulamentação foi assinada ontem (2) pela governadora em exercício Celina Leão (PP), e os estabelecimentos têm o prazo de 30 dias para se adequar.

As empresas responsáveis pela gestão dos restaurantes comunitários deverão instalar placas em cada unidade, indicando a opção de pagamento via Pix, e a sinalização deve oferecer instruções claras para quem optar por essa modalidade. A fiscalização da operacionalização do novo método de pagamento é de responsabilidade da Secretaria de Desenvolvimento Social do DF (Sedes-DF).

O almoço custa R$ 1, e alguns dos restaurantes comunitários também servem café da manhã e jantar. Confira a lista:

  • Brazlândia (café da manhã e almoço);
  • Ceilândia (café da manhã e almoço);
  • Estrutural (café da manhã e almoço);
  • Gama (almoço);
  • Itapoã (almoço);
  • Paranoá (café da manhã e almoço);
  • Planaltina (café da manhã, almoço e janta);
  • Recanto das Emas (café da manhã, almoço e janta);
  • Riacho Fundo (almoço);
  • Samambaia (café da manhã e almoço);
  • Santa Maria (almoço);
  • São Sebastião (café da manhã e almoço);
  • Sobradinho (café da manhã e almoço);
  • Sol Nascente/Pôr do Sol (café da manhã, almoço e janta);
  • Arniqueira (café da manhã, almoço e janta).



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.