Pesquisar
Close this search box.

Restaurantes comunitários devem aceitar pagamento por Pix

A medida tem como objetivo reduzir a falta de troco, problema recorrente em algumas


A medida tem como objetivo reduzir a falta de troco, problema recorrente em algumas unidades, e garantir mais segurança para a operação

A partir de hoje, 1º de fevereiro, todos os restaurantes comunitários do Distrito Federal deverão aceitar o Pix como forma de pagamento. O decreto que regulamenta a Lei nº 7.300/2023, foi publicado no Diário Oficial no começo do ano, e dava o limite de 30 dias para que todos os estabelecimentos se adequassem à medida.

A lei, que é de autoria do deputado Joaquim Roriz Neto, diz que os restaurantes serão responsáveis pela divulgação da nova forma de pagamento, assim como pela disponibilização da chave para pagamento.

A medida tem como objetivo reduzir a falta de troco, problema recorrente em algumas unidades, e garantir mais segurança para a operação.



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.