Pesquisar
Close this search box.

Saidera: PCDF desmantela comércio clandestino de cachaça em Vicente Pires

A fiscalização revelou condições higiênicas precárias na loja, onde as bebidas eram armazenadas no


A fiscalização revelou condições higiênicas precárias na loja, onde as bebidas eram armazenadas no banheiro, próximo a baratas e teias de aranha

Nesta quinta-feira (14), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) iniciou a “Operação Saideira” com o propósito de desativar um estabelecimento que produzia e comercializava clandestinamente cachaça em Vicente Pires.

A ação foi conduzida pela Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor, a Ordem Tributária e a Fraudes (Corf), contando também com a participação da Secretaria de Agricultura do DF, Vigilância Sanitária e Ministério da Agricultura.

Durante a abordagem, os policiais constataram a distribuição de cachaça em garrafas tipo PET, desprovidas de rótulo de registro sanitário. Além disso, foram encontrados sacos de salgadinhos industrializados com prazo de validade expirado, bem como refrigerantes sem data de fabricação e vencimento, com evidências de raspagem dessas informações.

Um indivíduo de 31 anos foi detido em flagrante por crime contra as relações de consumo, especificamente por vender ou expor à venda mercadoria com embalagem, tipo, especificação, peso ou composição irregulares. A pena prevista para esse crime é de detenção de 2 a 5 anos.

Ao todo, foram apreendidas 456 garrafas de dois litros, 45 garrafinhas de 500ml, 2 galões de 20 litros, 2 garrafas de 900mL e um tonel de 60 litros, todos contendo líquido presumivelmente cachaça.



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.