”Se não for concorrer, por conta da troca do número, paciência”, diz Valdemar Costa sobre Tiririca ameaçar não se candidatar

Minha gente, não é de hoje que os parlamentares que vão se candidatar para algum cargo público brigam por causa de números. Tiririca foi muito lembrado em sua campanha pelo uso do número 2222, usado nas três últimas eleições. Neste ano, quem vai apossar do número é o filho de Bolsonaro, Eduardo. De acordo com o Jornal O Globo, o palhaço não gostou nada disso e ameaçou desistir da candidatura.

A decisão foi tomada pela Executiva do PL que chegou a afirmar para o UOL que se soubesse que iria perder o número, teria deixado o PL na janela partidária e ameaçou desistir da candidatura.

Pode chorar e esgoelar, porque os protestos não surtiram efeito e tudo continua na mesma para o partido. A assessoria do PL informou que foi unanimidade que o número fosse transferido para Eduardo Bolsonaro.

“O deputado Tiririca é muito importante para o partido, mas, se não for concorrer, por conta da troca do número, paciência”, disse o presidente do legenda, Valdemar Costa Neto.

Tiririca estreou nas eleições em 2010 alcançando 1,3 milhão de votos. O palhaço segue na política desde então se reelegendo, mas nas últimas eleições o deputado mais votado do país foi Eduardo, com mais de 1,8 milhão de eleitores.

A assessoria do deputado disse que ele não está disposto a judiciar uma disputa pelo número 2222.

O post ”Se não for concorrer, por conta da troca do número, paciência”, diz Valdemar Costa sobre Tiririca ameaçar não se candidatar apareceu primeiro em Jornal de Brasília.

Generated by Feedzy