Pesquisar
Close this search box.

Servidoras contempladas com vagas no Berçário Buriti podem ser remanejadas

Foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta quarta-feira (19) a portaria


Foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta quarta-feira (19) a portaria nº 442, que estabelece critérios para o remanejamento de servidoras participantes do Programa de Atenção Materno Infantil (Proamis), com vagas no Berçário Institucional Buriti. 

Estar próximo do berçário permite que as servidoras acompanhem melhor o desenvolvimento e bem-estar de seus filhos | Foto: Divulgação/Seec

A nova portaria permite que servidoras contempladas sejam transferidas temporariamente para órgãos próximos ao berçário, a critério da administração pública. Essas transferências podem durar até dois anos, perdendo validade em caso de desligamento do programa, conforme o artigo 14 da portaria Seec/DF nº 172, de 18 de junho de 2021.

No caso de desligamento, a servidora deve se apresentar à unidade de gestão de pessoas de seu órgão de origem no primeiro dia útil seguinte.

Para a secretária-executiva de Valorização e Qualidade de Vida substituta, Gilvanete Mesquita, essa medida representa um grande avanço para as servidoras mães. “Estar próximo do berçário permite que as servidoras acompanhem melhor o desenvolvimento e bem-estar de seus filhos, facilitando visitas e atendimentos em caso de necessidade”, afirma.



Fonte: Agencia Brasília

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.
Pesquisar
Close this search box.

BUSCAR

MENU