Pesquisar
Close this search box.

Tutora reencontra cachorrinha sequestrada no Sudoeste

Grávida, a tutora chegou a passar mal após pegá-la no colo, de tanta emoção,


Grávida, a tutora chegou a passar mal após pegá-la no colo, de tanta emoção, e precisou de atendimento no posto de saúde do terminal aéreo

Depois de dois dias sem sua cachorrinha Cherie, uma yorkshire de 6 anos, a enfermeira Stephane Aparecida, de 36 anos, a reencontrou no Aeroporto de Brasília. A pet havia sido raptada no último domingo (10), enquanto passeava pelo Sudoeste.

O responsável pelo sequestro seria Josinaldo Morais, de 47 anos, ex-namorado de Stephane. De acordo com as imagens de segurança de prédios próximos, ele contou com a ajuda de dois comparsas para roubar Cherie, que passeava com o noivo da tutora. Eles pegaram a cadelinha com um carro que estava com a placa clonada e seguiram para Minas Gerais.

Já em terras mineiras, Josinaldo pegou um voo no Aeroporto de Confins, para levar Cherrie para João Pessoa, na Paraíba. A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) acionou a Polícia Federal, que já estava esperando o suspeito na chegada do voo.

Para a PF, Josinaldo disse ser o “verdadeiro dono” de Cherie. Ele foi liberado, mas deve prestar depoimento à Polícia Civil da Paraíba ainda hoje.

O reencontro

No começo da manhã desta terça-feira (12), Stephane foi ao Aeroporto de Brasília reencontrar Cherie. Grávida de cinco meses, a tutora chegou a passar mal após pegá-la no colo, de tanta emoção, e precisou de atendimento no posto de saúde do terminal aéreo.

Ela disse que o relacionamento com Josinaldo durou quatro anos, entre 2012 e 2016, e que reconheceu o ex pelas imagens. Afirmou ainda que nunca teve qualquer tipo de pet com ele, e que teria comprado Cherie em 2017, um ano após o término, para lhe fazer companhia.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.