Pesquisar
Close this search box.

UBS 3 do Recanto das Emas cria espaço exclusivo para atendimento de vítimas de violência

Equipe do Cepav Amarilis acolherá os pacientes no local. DF tem 17 centros em


Equipe do Cepav Amarilis acolherá os pacientes no local. DF tem 17 centros em equipamentos de saúde

Para oferecer melhor acolhimento e mais conforto às vítimas de violência no Recanto das Emas, a Unidade Básica de Saúde (UBS) 3 adequou um espaço físico para os atendimentos. No local, uma equipe multidisciplinar – formada por duas psicólogas, uma enfermeira, três técnicas e uma assistente social – compõe o Centro de Especialidades para a Atenção às Pessoas em Situação de Violência Sexual, Familiar e Doméstica (Cepav) Amarilis, que já acolheu mais de 400 pessoas neste ano.

“Com esse novo espaço, temos estrutura para atender os pacientes com mais privacidade”, destaca a gestora do Núcleo de Prevenção e Atenção a Situações de Violência (Nupav) da Região de Saúde Sudoeste, Débora Thais Timóteo. No Distrito Federal, há 17 Cepavs disponíveis.

Ao buscar o serviço, a pessoa é acolhida e passa por uma conversa inicial. Esse contato pode ocorrer por uma busca espontânea ou encaminhamento de outros órgãos, como hospitais e emergências, unidades básicas de saúde (UBSs), delegacias de atendimento à mulher e conselhos tutelares.

A gestora do Nupav Sudoeste reforça que é importante a população saber onde pode procurar apoio. “É fundamental que saibam que existe assistência, onde ela está e que há uma maneira de sair da situação. O nosso objetivo é trilhar caminhos melhores para essa parcela da sociedade [que sofre violência].”

No contato inicial, a equipe realiza um trabalho de escuta para entender a situação do paciente e identificar os tipos de cuidados físicos e psíquicos necessários. A partir dessa avaliação, ocorrem atendimentos individuais agendados, preferencialmente em sessões quinzenais, junto à equipe do Cepav.

Nomes de flores

Cada Cepav do DF é identificado com nomes de flores e plantas. A da UBS 3 do Recanto das Emas, por exemplo, é a Amarilis, uma flor brasileira, muito resistente ao clima tropical e também conhecida como açucena ou flor da imperatriz.

Os centros são coordenados pelo Nupav de cada Região de Saúde e estão amparados na Rede de Atenção às Pessoas em Situação de Violência do DF (RAV). O Nupav Sudoeste engloba três Cepavs: Amarilis (Recanto das Emas), Azaleia (Taguatinga, Vicente Pires, Arniqueiras, Águas Claras e 26 de setembro) e Orquídea, que fica no Hospital Regional de Samambaia (HRSam).


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As unidades oferecem acompanhamento a todos que buscarem ou forem encaminhados ao serviço. Mas algumas possuem público-alvo específico, como o Cepav Caliandra, situado no Adolescentro, na Asa Sul, que fornece apoio aos adolescentes vítimas de violência, e o Cepav Alecrim, no Hospital Regional da Asa Norte, que recebe adultos ofensores encaminhados pelo Judiciário.

Confira aqui (https://www.saude.df.gov.br/carta-servicos-violencia/) os locais e horários de funcionamento das unidades Cepavs.



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.