Pesquisar
Close this search box.

Unidade móvel faz 100 atendimentos diários no combate à dengue

O intuito da iniciativa é promover ações a fim de conscientizar a população sobre


O intuito da iniciativa é promover ações a fim de conscientizar a população sobre formas de combater a proliferação e eliminar criadouros do mosquito

As ações efetuadas no Recanto das Emas pela unidade móvel de atendimento itinerante da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF), disponibilizada para atuar junto ao Governo do Distrito Federal na campanha de combate à dengue, realizou 100 atendimentos por dia.

O intuito da iniciativa é promover ações a fim de conscientizar a população sobre formas de combater a proliferação e eliminar criadouros do mosquito, além de servir como postos de hidratação climatizados. Conhecida como Carreta da Defensoria, a unidade ficará à disposição da Secretaria de Saúde enquanto durar a epidemia.

O defensor público-geral, Celestino Chupel, reforça que a atuação da unidade móvel desempenhará papel crucial na promoção da saúde pública e na assistência às regiões afetadas pela dengue. “O intuito é atuar de forma integrada e abrangente na conscientização, prevenção e controle da dengue, contribuindo para a redução da incidência da dengue e para a promoção da saúde pública”, explicou.

NAJs e CRC

Além de ações que contarão com a presença das unidades móveis de atendimento itinerante, todos os Núcleos de Assistência Jurídica (NAJs) da DPDF atuam como pontos de distribuição de cartilhas de conscientização sobre a dengue. A Central de Relacionamento com os Cidadãos (CRC) também presta orientações aos que entram em contato por meio do número 129. O serviço é gratuito e funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h25 e das 13h15 às 16h55.

*Com informações da Agência Brasília



Fonte: JBR

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.