Pesquisar
Close this search box.

Alunos da rede pública aprendem sobre a cultura da República Dominicana

A Embaixada da República Dominicana abriu as portas, nesta quinta-feira (28), para 25 estudantes

A Embaixada da República Dominicana abriu as portas, nesta quinta-feira (28), para 25 estudantes do Centro de Ensino Fundamental Jataí, de São Sebastião. O dia foi de diversão e muito aprendizado para a garotada que participou do Programa Embaixada de Portas Abertas (Pepa), realizado pela Secretaria de Relações Internacionais (Serinter).

Estudantes do Centro de Ensino Fundamental Jataí, de São Sebastião, visitaram a Embaixada da República Dominicana nesta quinta (28) | Fotos: Lívio Di Araújo/Serinter

Na embaixada, os alunos foram recebidos pelo ministro conselheiro Marino Castillo Lacay, pela conselheira de Cultura e Turismo, Rosanna Polanco Charles, e pelos demais diplomatas que fizeram questão de trocar experiências com as crianças. Elas tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre a cultura e gastronomia do país caribenho, além de conhecer o espaço da embaixada e o trabalho realizado pela missão diplomática.

Os estudantes do 5º ano chegaram e tiveram o passaporte carimbado. Tudo para tornar a experiência de “visitar um outro país” mais real. Eles ficaram encantados com a arquitetura da embaixada, que lembra um castelo. Conheceram o hino nacional e assistiram a um vídeo que contou a história e apresentou as paisagens cotidianas do país.

Os estudantes assistiram a um vídeo sobre a história do país caribenho

“Gostei muito das imagens. As praias são lindas, com águas bem azuis. Nunca tinha visto praia assim”, encantou-se a estudante Sophia de Abreu Rodrigues, 10 anos. “E das baleias! Não sabia que lá tinha tantas baleias, achei muito legal saber disso”, completou Rafael Felipe Ferreira de Oliveira, 11 anos, que ouviu, atento, a explicação sobre a época de acasalamento das baleias jubarte que se reúnem, todos os anos, na baía de Samaná, e é uma atração turística das mais famosas da ilha.

Para o secretário de Relações Internacionais, Paco Britto, experiências como estas é que tornam o Pepa um projeto de sucesso. “As crianças têm a oportunidade de conhecer costumes e lugares que talvez não fosse possível no decorrer da vida, então, é muito gratificante poder aproximar os estudantes do DF com a cultura e história dos outros países”, destacou.

Os alunos brincaram com o Diablo Cojuelo, personagem popular da República Dominicana

Antes do lanche – com guloseimas bastante apreciadas no Brasil, afinal, de acordo com os diplomatas, a gastronomia da República Dominicana é muito parecida com a brasileira – a garotada teve a oportunidade de alimentar cabras e bodes que moram na embaixada, aprenderam mais sobre o beisebol, esporte nacional do país, e brincaram com o Diablo Cojuelo, um personagem popular das festas e do carnaval dominicano.

Leia também

Programa ensina estudantes sobre história e cultura de outros países

“Esta foi uma experiência incrível e uma grande oportunidade de expressar quem somos”, afirmou a conselheira de Cultura e Turismo da Embaixada. O Pepa é uma ação que possibilitando aos estudantes o aprendizado acerca de história, geografia, cultura e línguas estrangeiras, assim como de carreiras e rotinas diplomáticas e consulares de diversos países, ao mesmo tempo que oferece às representações diplomáticas a oportunidade de conhecer e se aproximar das comunidades escolares das diferentes regiões administrativas do Distrito Federal.

A segunda fase do programa levará os diplomatas à escola, onde conhecerão mais sobre a cultura brasiliense, por meio dos estudantes.

*Com informações da Serinter

The post Alunos da rede pública aprendem sobre a cultura da República Dominicana appeared first on Agência Brasília.

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.