Pesquisar
Close this search box.

Parceria oferecerá DIU gratuito a 150 mulheres durante o Outubro Rosa

Durante o Outubro Rosa, a Secretaria da Mulher do DF  (SMDF) promove uma iniciativa

Durante o Outubro Rosa, a Secretaria da Mulher do DF  (SMDF) promove uma iniciativa voltada para a saúde feminina em parceria com a Secretaria de Saúde do DF (SES). Em todas as terças-feiras deste mês será oferecida gratuitamente a colocação de 150 dispositivos intrauterinos (DIUs), proporcionando às mulheres um acesso facilitado a métodos contraceptivos seguros e eficazes. A iniciativa faz parte das ações em alusão ao mês de prevenção ao câncer de mama.

A ação, alinhada ao compromisso da SMDF em promover a saúde e o bem-estar das mulheres, tem como ponto central oferecer uma opção de planejamento familiar acessível e de qualidade. A Casa da Mulher Brasileira será o local onde as mulheres poderão receber o DIU gratuitamente, contando com profissionais capacitados para realizar o procedimento de forma segura e acolhedora.

O mês de outubro será dedicado à saúde da mulher. Queremos lembrar cada uma delas da importância de tirar um tempo para si. A iniciativa representa um passo significativo na promoção da saúde reprodutiva e no acesso igualitário a métodos contraceptivos. Queremos garantir que as mulheres tenham o poder de tomar decisões qualificadas e sejam informadas sobre sua saúde e planejamento familiar, afirmou a secretária da Mulher, Giselle Ferreira, destacando a importância da parceria com a Unidade Básica de Saúde 1 (UBS 1) de Ceilândia.

A colocação do DIU é uma alternativa contraceptiva de longa duração, sendo uma opção eficaz para mulheres que desejam um método seguro e de baixa manutenção. A disponibilização gratuita destes dispositivos durante todo este mês destaca o compromisso do Governo do Distrito Federal (GDF) em proporcionar às mulheres ferramentas para o controle consciente de sua saúde.

A parceria com a SES permite a implementação de políticas integradas que abordam tanto as necessidades de saúde quanto as questões de gênero. A ação é voltada para proporcionar acesso a todas as mulheres do DF e Entorno ao planejamento reprodutivo, com a inserção do DIU de cobre, que dura 12 anos, e à prevenção do câncer do colo de útero e de mama, especialmente às mulheres vítimas de violência e vulnerabilidade social”, explicou a enfermeira Sheylla Ferreiar. Hoje, fiquei emocionada com a quantidade de mulheres que procuraram a CMB na Ceilândia para a inserção do DIU. Desejo que todas as mulheres sejam atendidas em todas as suas necessidades.

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.