Pesquisar
Close this search box.

Tempero brasileiro

A chef Di Oliveira, responsável pelo Brasis Ateliê Gastronômico, assinou o cardápio do almoço

Tempero brasileiro

A chef Di Oliveira, responsável pelo Brasis Ateliê Gastronômico, assinou o cardápio do almoço oferecido pelo presidente Lula ao presidente do Paraguai, Santiago Peña, na segunda-feira (15), a convite do Itamaraty. No menu, pratos tipicamente brasileiros, como bolinho de feijoada, porchetta com jiló e tucupi, filé com arroz de coco e molho de rapadura e, de sobremesa, cartola – banana da terra, com queijo canastra e açúcar.

Para a chef, que tem como bandeira valorizar ingredientes nacionais, o menu reuniu elementos comuns a brasileiros de diversas regiões. “Reuni a carne muito presente na culinária do Sul, com o bolinho de feijoada e o queijo do Sudeste, os frutos do Centro-Oeste – o tamarindo de uma das entradas —, a rapadura do Nordeste e o tucupi do Norte”, explica.

Além de um passeio pela gastronomia do país, Di Oliveira defende a culinária como forma de inclusão e geração de renda. Em seu restaurante, localizado no Lago Oeste, os alimentos são adquiridos de produtores da região, valorizando a agricultura orgânica, sustentável e familiar. A chef não recebeu cachê pelo serviço, que faz parte de um projeto do Itamaraty.O post Tempero brasileiro apareceu primeiro em Jornal de Brasília.

Fique ligado em tudo o que acontece em Brasília

Cadastra-se para receber atualizações exclusivas, novidades e descontos exclusivos.

Você sabia que o Agita Brasília está no Facebook, Instagram, Telegram, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.